Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Esgotados ingressos de pré-venda para o show de Paul McCartney

15.10.10, Planeta Cultural

 

Já estão esgotados os ingressos da cota de pré-venda para clientes dos cartões Bradesco e American Express para o show de Paul McCartney em São Paulo, no dia 21 de novembro, no Estádio do Morumbi.

Com isso, o início da venda para o público em geral foi antecipado para a próxima segunda-feira, dia 18. As entradas podem ser adquiridas pelo site www.ingresso.com e nas bilheterias do estádio do Pacaembu (bilheteria Tobogã), das 9h às 17h, exceto em dias de jogo. Posteriormente as vendas serão reabertas pelo telefone 4003-3222 (ligação local de qualquer parte do Brasil) e o canal ficará disponível diariamente, das 9h às 21h.

Valores

As entradas para o show de São Paulo custam R$ 140 (arquibancada laranja), R$ 160 (arquibancadas azul e vermelha), R$ 180 (arquibancada especial vermelha), R$ 300 (pista), R$ 400 (cadeira coberta laranja), R$ 450 (cadeiras cobertas azul e vermelha, e cadeiras premium azul e laranja), R$ 600 (cadeira inferior) e R$ 700 (pista prime). Há meia-entrada para todos os setores.

Para quem optar por buscar o ingresso na bilheteria do estádio (a partir do dia 16 de novembro, entre 9h e 17h) a taxa de conveniência é de 16%. Aqueles que quiserem que as entradas sejam entregues em casa (a partir de 25 de outubro), a taxa é de 20%.

110 mil cães infectados com Leishmaniose em Portugal

15.10.10, Planeta Cultural

Cerca de 110 mil cães portugueses estão infectados com Leishmaniose canina, uma infecção grave transmitida por um mosquito (o flebótomo). Esta é uma doença que é transmissível ao Homem e, por isso, constitui um risco para a saúde pública. A taxa de prevalência está a aumentar, pelo que é cada vez mais importante apostar-se na prevenção, alerta Rodolfo Neves, médico veterinário e membro da Leishnet, a primeira rede epidemiológica da Leishmaniose canina a Europa, criada pelo Observatório Nacional das Leishmanioses.

 

Este número resulta de um estudo levado a cabo entre 1 de Abril e 31 de Agosto deste ano, em 101 centros de atendimento médico-veterinário de Portugal continental e ilha da Madeira, que reportaram o rastreio de 445 animais. Deste total, registaram-se 137 casos positivos (dos quais 105 são novas infecções), sendo Lisboa a região do país com maior número de casos por distrito (33). Foi também o distrito que mais participou nas acções de rastreio (111 fichas recebidas). Uma extrapolação nacional permite deduzir que, em igual período, cerca de 1.000 novos cães desenvolveram a doença, ou seja, 6% da população canina nacional.

 

Rodolfo Neves alerta para o facto de os número do estudo referirem-se apenas a cães que têm dono e acompanhamento médico-veterinário regular. “Por todas as razões, mas também por esta, o abandono de animais infectados pode constituir um grave perigo para a saúde púbica. Os cães abandonados têm uma pior alimentação e estão mais sujeitos a parasitas, bactérias e vírus, passando a ser autênticos disseminadores de doenças”, avisa.

 

Este primeiro relatório da Leishnet será divulgado no Encontro Nacional da Ordem dos Médicos Veterinários que terá lugar este fim-de-semana, no Monte de Caparica. De acordo com este médico-veterinário, o estudo permitiu concluir que todos os distritos de Portugal continental apresentam seropositividade (de 1% a 15%), o que significa que há risco de infecção em todo o território e esta taxa tem tendência para aumentar. Rodolfo Neves explica que o flebótomo beneficia com o aquecimento global, o que significa que, a manter-se o aumento da temperatura no planeta, podemos assistir a um crescimento da presença deste insecto. Neste momento, a actividade do mosquito desenvolve-se essencialmente entre Abril e Novembro.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

Como se transmite?

A Leishmaniose canina é causada pelo parasita Leishmania e transmitida por um insecto chamado flebótomo (Leishmania infantum). Uma vez infectado, o cão passa a ser uma espécie de reservatório da doença, podendo transmiti-la a outros cães e ao ser humano (zoonose).

 

Como se manifesta?

Há que esclarecer, primeiro, que nem todos os cães infectados com o parasita Leishmania desenvolvem a doença, por possuirem anti-corpos. E há animais que não manifestam sinais da doença, embora estes casos sejam raros. Os primeiros sintomas a aparecer são, geralmente, a perda de pêlo, descamação (sobretudo na zona da cabeça, cauda e patas) e seborreia. Se não for tratada, a doença alastra pelo resto do corpo, podendo surgir úlceras, escaras e febre. Sendo uma doença sistémica, afecta invariavelmente os rins, causando insuficiência renal crónica (nesta fase, o cão urina com mais frequência, bebe mais água, fica prostrado e perde peso). Assim que estes sinais começaram a surgir, o cão deve ser imediatamente encaminhado para o médico veterinário. Nos casos mais graves, a leishmaniose pode causar a morte do animal ou obrigar a eutanasiá-lo, para que não sofra mais.

 

Há cães mais propensos à doença do que outros?

De acordo com Rodolfo Neves, esta é uma doença que tem tendência a atingir mais os cães de raças não autóctones, como os retriever de labradore, rottweiler, o pastor alemão e o boxer, e mais os machos (prevalência de 67%). Alguns estudos indicam que a pelagem longa tem um efeito de protecção, uma vez que o mosquito prefere áreas sem pelo, mas este facto ainda carece de confirmação científica.Antes, a Leishmaniose canina era uma doença com maior prevalência nas zonas rurais, mas o estudo agora concluído aponta para que se esteja a tornar cada vez mais urbana, devido à existência de jardins e espaços verdes com condições para a reprodução e desenvolvimento destes mosquitos.

 

O que fazer para proteger o meu cão?

A prevenção é, de facto, indispensável no caso da Leishmaniose, uma vez que não existe vacina contra a doença. Rodolfo Neves a conselha a fazer um rastreio anual à doença, especialmente entre os meses de Janeiro e Março. Devem-se proteger os cães com um insecticida com efeito replente sobre o flebótomo, sendo as mais eficazes as coleiras impregnadas de deltametrina (em Portugal, apenas a Scalibor comercializa este tipo de coleiras), que têm a duração de seis meses.

 

Que tratamentos existem?

Rodolfo Neves alerta para o facto de a prevenção ser muito mais barata do que o tratamento, a todos os níveis. Se o animal for tratado aos primeiros sinais da doença, através de medicação oral ou injecções, pode recuperar clinicamente, mas, mais cedo ou mais tarde, irá desenvolver uma recidiva. Passa a ser um cão com necessidade de uma maior prevenção e uma maior vigilânciância médica.

 


Para visitar a fonte da informação, click aqui

Clientes do BES alvo de novo esquema de phishing

15.10.10, Planeta Cultural

Os clientes do BES são os novos alvos de uma tentativa de phishing (tentativa de roubar dados pessoais simulando o contacto da entidade legitima para os solicitar), a circular pelas caixas de correio electrónico. O email assinado como Banco Espírito Santo indica mesmo que é pelo facto do banco ter conhecimento de recentes tentativas de ataques informáticos que está a dirigir-se aos clientes, solicitando uma actualização dos seus dados de acesso ao serviço de banca online.

Supostamente, a introdução de dados neste "aplicativo de actualização segura", como é descrito, tem como objectivo assegurar uma melhor interacção com o sistema de identificação do Internet banking.

 

O elemento segurança é por diversas vezes usado na mensagem contida no corpo do email, estruturada de uma forma razoavelmente credível, embora com alguns erros de português pouco prováveis, se o autor do pedido fosse de facto o banco.

Menos normal ainda é o teor do pedido que solicita toda a informação identificativa do cliente, desde o PIN ou número de cartão de contribuinte, passando pelos dados do cartão matriz.

Tal como a banca indica em todos os seus alertas de segurança - e as próprias autoridades - esta informação nunca será pedida na íntegra ao cliente, tal como também não é prática solicitar aos clientes a actualização de dados via email. Menos ainda com o carácter obrigatório que este email indica.

Os pontos que ajudam a identificar o teor falso desta mensagem (exibida abaixo) parecem simples, mas é bom não esquecer que ainda esta semana a Polícia Judiciária confirmou que o phishing é o problema de segurança que mais motiva queixas na polícia a nível nacional, no que se refere à área do crime informático.

Segundo um estudo mundial divulgado também esta semana pela Symantec, o phishing é o tipo de ataque online que mais motiva o sentimento de culpa junto dos utilizadores, como admitiram 78 por cento dos inquiridos pela empresa de segurança, embora nem por isso o fenómeno deixe de ganhar expressão.

O TeK já contactou o BES e está a aguradar informação do banco relativamente a eventuais medidas encetadas na sequência desta tentativa de ataque aos seus clientes.

mensagem phishing

Visite aqui a fonte da informação

Idade de reforma dos juízes sobe para os 63 anos em 2011

15.10.10, Planeta Cultural

 

Os magistrados vão ver aumentada a idade de reforma já no próximo ano, o que significa que em 2011 só poderão aposentar-se aos 63 anos de idade e 23 anos de serviço e não aos 60 anos, como até agora.

 

Os juízes e magistrados do Ministério Público vão deixar de poder aposentar-se aos 60 anos, como acontecia até agora. É essa a intenção do Governo que, na proposta de Orçamento do Estado para 2011, na versão preliminar a que o Negócios teve acesso, prevê a convergência do regime de aposentação dos magistrados com o da segurança social.

Assim sendo, já a partir de 2011 aplicam-se-lhes as novas regras, que determinam que a idade mínima de reforma iria ser progressivamente alargada para, em 2015, se fixar nos 65 anos e 15 de serviço.

Isto implica que, já em 2011, a idade mínima para a reforma será de 63 anos e 23 anos de serviço.

Até agora, os magistrados têm defendido que estas regras não se lhes aplicam e têm havido mesmo vários Acórdãos do Supremo Tribunal Administrativo a dar-lhes razão, considerando que, nestas matérias, prevalecem os respectivos estatutos, dos Magistrados Judiciais e dos Magistrados do Ministério Público.

 

 

Visite aqui a fonte da informação

Governo prevê corte de 6,5% na despesa com desempregados

15.10.10, Planeta Cultural

A versão preliminar do Orçamento do Estado orçamenta 2.101 milhões de euros para gastos com subsídio de desemprego e apoios ao emprego, abaixo do que deverá ser gasto este ano.



O Governo prevê gastar 2.101 milhões de euros em subsídios de desemprego, apoio ao emprego e "lay-off" no próximo ano. Os dados constam de uma versão preliminar da proposta do Orçamento do Estado para 2011, a que o Negócios teve acesso, e representam uma quebra de 6,5% face ao valor estimado para este ano.

Em 2010, o Estado deverá gastar 2.247 milhões de euros, mais 39 milhões do que o que estava inicialmente previsto.

As novas regras de acesso ao subsídio de desemprego, em vigor desde Julho, estabelecem regras que aceleram a transição dos desempregados subsidiados para o mercado de trabalho, ao mesmo tempo que reduzem o valor das novas prestações.

A previsão de despesa deverá ainda ter em conta os novos critérios mais restritivos de acesso às prestações não contributivas, como o subsídio social de desemprego, em vigor desde Agosto. Nessa altura, o subsídio de desemprego ou social de desemprego apoiava 342 mil pessoas.

As principais organizações internacionais prevêem uma nova subida da taxa de desemprego no próximo ano.

 

 


Fonte: Jornal de Negócios

Empresas públicas obrigadas a reduzir custos em 15%

15.10.10, Planeta Cultural

 

Sector empresarial do Estado tem de cortar custos em 15%, com diminuição de chefias em 20%, redução de remuneração e outras medidas.


O sector empresarial do Estado vai ter de reduzir os seus custos operacionais em 15% durante 2011, de acordo com a determinação na proposta preliminar do Orçamento do Estado para 2011.

A redução é de 15% para o conjunto do sector empresarial. E será feita através da revisão da política remuneratória, da redução de salários e encargos em termos equivalentes aos da Administração Pública Central.

Além disso, os gestores públicos, como já estava estabelecido no Plano de Estabilidade e Crescimento (PEC), não vão ter direito a prémios em 2011 e no caso dos gestores públicos a regra vai vigorar até final de 2013. Tal como José Sócrates já tinha hoje referido, pretende-se que haja uma redução em 20% do número dos membros dos órgãos da administração, chefias e estruturas de direcção.

Pretende-se ainda que o sector empresarial promova a optimização das estruturas. E a redução ao nível de fornecedimentos e serviços externos e frota automóvel.

 

 


Para visitar a fonte da informação, click aqui

Dispositivo USB para medir níveis de glicemia

15.10.10, Planeta Cultural

A Bayer lançou um novo dispositivo USB que permite ao utilizador medir os níveis de glicemia e identificar possíveis problemas de saúde

 

Desenvolvido pela Bayer Diabetes Care, o Contour USB é um medidor de glicemia electrónico equipado com um software de gestão da diabetes.

Este software permite interpretar os níveis de glicemia do doente e identificar tendências ou padrões problemáticos.

 

De acordo com a farmacêutica o dispositivo, bastante semelhante a uma pen drive, tem uma capacidade de 512 MB, o que permite guardar cerca de 2 mil resultados de análises.

 

Além de poder ser utilizado para fazer testes de medição dos níveis de glicemia, o dispositivo pode servir para criar alertas sobre diversos aspectos, como quando o utilizador tem de fazer os próximos testes ou adicionar notas sobre alguns aspectos relacionados com a sua condição.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Microsoft mostra insatisfeitos com o OpenOffice.org

15.10.10, Planeta Cultural

Está disponível na Internet um vídeo que promove o Office da Microsoft a partir de testemunhos fornecidos por utilizadores (na maior parte dos casos ex-utilizadores) do concorrente OpenOffice.org.

O vídeo incide sobre as principais reclamações que, pelo menos este grupo de utilizadores, detectou durante a utilização da alternativa gratuita ao Office e que acabaram por motivar o regresso à suite de produtividade da fabricante do Windows.

 

Os testemunhos que se sucedem no vídeo incidem sobretudo em experiências profissionais. Dão nota do longo tempo de adaptação dos utilizadores ao OpenOffice.org, das incertezas em relação à formatação de documentos e da fraca interoperabilidade com outros formatos e dos impactos negativos gerados na produtividade da organização.

A questão dos custos associados a um e a outro produto também é focada no filme, sendo, aliás, o tema que encerra a peça de comunicação. Um dos testemunhos frisa o que a Microsoft já defendeu em vários confrontos com o software livre: o argumento dos custos é pouco linear como forma de distinguir os dois tipos de produtos. Refere um dos testemunhos recolhidos para o vídeo, que o suporte, normalização e compatibilidade são elementos chave a considerar numa comparação de custos.

Testemunhos apresentados, e antecipando já o fim da história, surge o logótipo do Office 2010, a mais recente versão da suite de produtividade da empresa.

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

Identificados 700 sites que vendiam medicamentos falsos

15.10.10, Planeta Cultural

Foram identificados cerca de 700 sites dedicados à venda ilegal de medicamentos, no âmbito de uma operação internacional

A operação decorreu entre 5 e 12 de Outubro e envolveu forças de segurança de mais de 40 países.

 

Além da identificação de quase 700 páginas Web dedicadas à contrafacção de medicamentos, foram apreendidas cerca de 11 mil encomendas e presos ou investigados dezenas de suspeitos.

 

A operação foi lançada pelo International Medical Products Anti-Counterfeiting Taskforce, da Organização Mundial de Saúde e foi coordenada pela INTERPOL, pelas Alfândegas, pelas agências do medicamento, pela indústria farmacêutica e pelas empresas de pagamentos electrónicos.

 

Em Portugal a investigação contou com o apoio da ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica), do INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) e da Direcção Geral das Alfândegas e Impostos Especiais sobre o Consumo e resultou na identificação de 23 sites.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

Novo álbum dos REM já tem título

15.10.10, Planeta Cultural

O novo álbum dos REM só sai no próximo ano mas já tem título.

«Collapse Into Now» sucede a «Accelerate» (2008). A produção foi novamente de Jacknife Lee.

A revelação foi feita pelo manager Bertis Downs durante uma conferência em Manchester e confirmada posteriormente no Twitter. «Collapse Into Now» é o 15º álbum da banda.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

CDS-PP decide sentido de voto do Orçamento do Estado na próxima semana

15.10.10, Planeta Cultural

Anúncio só será feito após avaliação técnica de especialistas de dentro e de fora do partido, divulgou o Twitter oficial do CDS-PP.

 

O presidente do grupo parlamentar do CDS-PP, Pedro Mota Soares, disse hoje que o sentido de voto relativo ao Orçamento do Estado para 2011 será tomado na próxima semana. A decisão será feita com base numa apreciação de técnicos.

“Vamos fazer uma avaliação técnica da proposta orçamental com um conjunto de especialistas dentro e fora do partido”, disse Mota Soares, citado pela conta do Twitter oficial da força partidária.

Portanto, só depois da discussão é que o CDS-PP se irá pronunciar sobre o voto.

 

 

In' Jornal de Negócios

Gastronomia

15.10.10, Planeta Cultural

A gastronomia é um ramo que abrange a culinária, as bebidas, os materiais usados na alimentação e, em geral, todos os aspectos culturais a ela associados. Um gastrônomo (gourmet, em francês) pode ser um(a) cozinheiro(a), mas pode igualmente ser uma pessoa que se preocupa com o refinamento da alimentação, incluindo não só a forma como os alimentos são preparados, mas também como são apresentados, por exemplo, o vestuário e a música ou dança que acompanham as refeições.

 

Por essas razões, a gastronomia tem um foro mais alargado que a culinária, que se ocupa mais especificamente das técnicas de confecção dos alimentos. Um provador de vinhos é um gastrônomo especializado naquelas bebidas (e, muitas vezes, é também um gastrônomo no sentido mais amplo do termo).

 

O prazer proporcionado pela comida é um dos factores mais importantes da vida depois da alimentação de sobrevivência. A gastronomia nasceu desse prazer e constituiu-se como a arte de cozinhar e associar os alimentos para deles retirar o máximo benefício. Cultura muito antiga, a gastronomia esteve na origem de grandes transformações sociais e políticas. A alimentação passou por várias etapas ao longo do desenvolvimento humano, evoluindo do nômade caçador ao homem sedentário, quando este descobriu a importância da agricultura e da domesticação dos animais.

 

A fixação à terra trouxe uma maior abundância de comida, o que provocou um aumento demográfico que por sua vez levou a um esgotamento dos recursos e à consequente migração para novos locais a explorar. Houve apenas duas importantes excepções na história antiga: o Egipto e a Mesopotâmia, devido à fertilidade trazida pelas águas dos rios Nilo, Tigre e Eufrates que se mantiveram constantes ao longo dos anos.

 

A riqueza proporcionada pela abundância trouxe a curiosidade pela novidade e pelo exotismo. O homem teve então necessidade de complementar a sua dieta com alimentos que localmente não tinha, dando origem ao comércio levado a cabo por alguns homens que continuaram nómadas para que muitos outros se pudessem fixar à terra. O homem que viajava, o comerciante, não só levava aquilo que faltava como introduzia novos alimentos, criando necessidades imprescindíveis ao desenvolvimento do seu negócio. O transporte de alimentos provocou a necessidade de aditivos: por exemplo, o aroma da resina de alguns actuais vinhos gregos foi induzido pelo facto de se utilizar a resina em tempos remotos para tratar os odres de cabra que continham o vinho.

 

A humanidade cedo se apercebeu das virtudes da associação de certas plantas aromáticas aos alimentos para lhes exaltar o sabor, contribuir para a sua conservação e permitir uma melhor e mais saudável assimilação por parte do corpo. Muitas guerras se fizeram pela apropriação de recursos alimentares que de uma forma geral são escassos e que determinam o poder para quem domina a gestão desses recursos. A título de exemplo, a busca das especiarias foi um dos factores que contribuíram para a queda do Império Romano e quando a Europa parte para os Descobrimentos Marítimos tem como móbil o controlo da rota das especiarias que implicou a colonização e o esclavagismo renascentistas.

 

A arte do prazer da comida motivou génios como Leonardo da Vinci, inventor de vários acessórios de cozinha, como o célebre "Leonardo" para esmagar alho, regras de etiqueta à mesa, para além de novas receitas. Percursor da nouvelle cuisine, Da Vinci fundou com outro sócio o restaurante "A Marca das Três Rãs" em Florença. A gastronomia despertou curiosas sensibilidades em músicos como Rossini e em escritores portugueses e estrangeiros. Camilo Castelo Branco era avesso a descrições mas não resistiu a descrever um saboroso caldo verde, enquanto que Eça de Queirós tem inúmeras menções a restaurantes nas suas obras. O culto dos prazeres da mesa chegou ao ponto de fazer com que os aficcionados se juntassem em associações gastronómicas como a belga "Ordre des Agathopédes" em 1585, a francesa "Confrérie de la Jubilation" ou o português "Clube dos Makavenkos" em 1884, para além de exemplos mais recentes como o Slow Food, que em reacção ao Fast Food tem como símbolo um caracol.

 

O primeiro tratado sobre gastronomia foi escrito por Jean Anthelme Brillat-Savarin, um gastrônomo francês que, em 1825, publicou a “Fisiologia do Paladar”, cujo título completo em francês é Physiologie du Goût, ou Méditations de Gastronomie Transcendante; ouvrage théorique, historique et à l'ordre du jour, dédié aux Gastronomes parisiens, par un Professeur, membre de plusieurs sociétés littéraires et savantes. Por este título que, em português poderia ser traduzido como "Fisiologia do Paladar ou Meditações sobre a Gastronomia Transcendental, obra teórica, histórica e actual, dedicada aos Gastrônomos parisienses, por um Professor, membro de várias sociedades literárias e científicas", pode considerar-se a gastronomia como uma ciência ou uma arte.

 

No entanto, não se deve confundir esta ciência com a nutrição ou a dietética, que estudam os alimentos do ponto de vista da saúde e da medicina, uma vez que a gastronomia é estritamente relacionada ao aspecto comercial (no que diz respeito à preparação de comida em restaurantes) e cultural (no que diz respeito ao estudo desta ciência).

 

 

In' Wikipedia