Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Xbox 360 4GB à venda a partir de hoje

20.08.10, Planeta Cultural

A nova Xbox 360 começa hoje a ser vendida em Portugal. O mais recente modelo da consola da Microsoft  tem um novo design e está mais elegante, oferecendo tecnologia Wi-Fi e botões sensíveis ao toque, além dos 4GB de memória interna.

Com um preço recomendado de venda ao público de 199,99 euros, a Xbox 360 4GB é apresentada como “uma das consolas mais acessíveis do mercado”, sendo compatível com o Kinect, cuja data de lançamento para a Europa foi revelada esta semana.

O novo sensor de movimentos chega às lojas do Velho Continente a 10 de Novembro, seis dias após o lançamento no mercado norte-americano.

O anúncio foi feito durante o discurso de abertura da Gamescom 2010 pela Microsoft, que revelou ainda que a plataforma Xbox Live será acessível a partir dos terminais com Windows Phone 7, estando igualmente prevista a disponibilização de novos títulos para PC a partir do mesmo serviço.

A Microsoft já tinha revelado anteriormente que vai comercializar o sensor e a nova Xbox 360 4GB num bundle que inclui ainda o jogo “Kinect Adventures”, ao preço recomendado de 299,99 euros.

“Em Julho lançámos a Xbox 360 250GB e agora em Portugal, tal como em toda a Europa, vamos dar início à comercialização da consola Xbox 360 4GB. Estas duas inovações anunciadas este ano, enquadram-se na nossa estratégia de proporcionar aos consumidores a oportunidade de começarem a preparar os seus lares para o melhor que aí vem na área do entretenimento: o Kinect”, refere Sofia Tenreiro, responsável área de entretenimento da Microsoft em comunicado.

 

 

O Planeta Cultural agradece que faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

HP confirma lançamento de gadget com sistema operativo da Palm

20.08.10, Planeta Cultural

O primeiro fruto resultante da compra da Palm por parte da HP poderá chegar ao mercado no início de 2011, confirmou o vice-presidente executivo da fabricante.

 

A revelação de Todd Bradley, vice-presidente executivo da HP, durante a última reunião com os accionistas da empresa.

Segundo o responsável, citado pelo The Inquirer, os planos da empresa para os dispositivos móveis passam pelo lançamento de um «produto da Microsoft no futuro próximo e um produto baseado no WebOS [sistema operativo móvel criado pela Palm] no início de 2011».

A confirmação de Todd Bradley surge poucos dias depois de o portal Engadget ter avançado que esta informação já tinha sido divulgada aos funcionários da HP.

Os rumores em torno de um dispositivo da HP com o sistema operativo da Palm já tinham aparecido aquando da aquisição da pioneira dos smartphones, mas apenas agora um responsável da fabricante avançou com pormenores mais concretos sobre o projecto.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

Mês de Julho foi o mais quente em Portugal em 79 anos

20.08.10, Planeta Cultural

O mês de julho foi o mais seco dos últimos 24 anos e o mais quente dos últimos 79, o que explica os valores altos de risco de incêndio a que esteve sujeito quase todo o país.

Em termos climatológicos, o mês de julho caracterizou-se como um mês seco e muito quente, tendo-se registado o valor médio da temperatura máxima do ar mais elevado desde 1931 referente ao mês de julho (31,75ºC), segundo o relatório mensal de risco de incêndio do Instituto de Meteorologia.

Durante este mês ocorreram duas ondas de calor, uma no início e a outra na última semana, e uma baixa precipitação, tendo o IM registado uma anomalia de -12,5 milímetros em relação ao valor considerado normal.

Julho apresentou por isso valores altos de risco meteorológico de incêndio (FWI) praticamente em todo o país.

No entanto, quando comparado com meses homólogos de anos anteriores, os valores de risco de incêndio foram inferiores aos de 2005, mas mantiveram-se acima dos registados nos últimos quatro anos e no período de 2003 a 2009.

 

A classe de risco de incêndio mais alta foi mesmo atingida em vários concelhos do interior do país, em particular a partir do dia 24 e até ao final do mês.

 

O IM iniciou ainda em julho a medição dos valores diários da quantidade de carbono libertada na atmosfera por ação dos incêndios florestais em Portugal continental, tendo registado nesse mês um valor acumulado de 49 607 toneladas.

 

O relatório destaca ainda que a quantidade de carbono libertado no período de 26 a 31 de julho correspondeu a cerca de 88 por cento do valor mensal acumulado.

 

 

Para visitar a fonte da informação, click aqui

André Villas-Boas, Jorge Jesus e Paulo Sérgio

20.08.10, Planeta Cultural

Pois è, antes do campeonato começar já o André Villas-Boas tinha sido crucificado..!

 

Antes do início do campeonato já o Jorge Jesus continuava a ser o rei..!

 

Antes do campeonato começar, o Sporting tinha no Paulo Sérgio o grande salvador..!

 

 

Afinal em que è que ficamos?


 

Dentro da minha modéstia opinião, eu respondo:

 

- O André Villas-Boas Já mostrou da sua grande qualidade como técnico e quer queiramos  ou não, será outro Mourinho..!

 

- O Jorge Jesus, afinal não è Rei nenhum e talvez não chegue ao Natal..!

 

- O Sporting parece empenhado em continuar a sacrificar treinadores..!

Mais de um milhão de famílias vão ser chamadas a provar rendimentos na Segurança Social

20.08.10, Planeta Cultural

Mais de um milhão de agregados beneficiários de prestações familiares, Subsídio Social de Desemprego e Rendimento Social de Inserção vão ser chamados a partir da próxima semana pela Segurança Social para fazer prova dos seus rendimentos.

 

Em entrevista à agência Lusa, o secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques (na foto), explicou que nesta reavaliação extraordinária, prevista no diploma de condição de recursos que entrou em vigor a 01 de Agosto, será solicitado ao beneficiário a actualização do agregado familiar, bem como dos respectivos rendimentos e património.

"É um esforço muito grande. Vão ser bem mais de um milhão de famílias que vão ser contactadas e que vão fazer essa prova de rendimentos que é essencial para garantir o esforço de rigor na atribuição das prestações", disse Pedro Marques.

De acordo com o responsável, para concretizar este "esforço inédito", os serviços da Segurança Social adoptaram planos de contingência para o atendimento telefónico e presencial, reforço dos sistemas informáticos e formação direccionada para esta iniciativa, que visa introduzir um maior rigor na atribuição de prestações sociais, como o RSI ou o abono de família.

O veículo preferencial para esta chamada será, de acordo com Pedro Marques, o serviço Segurança Social Direta (disponível on-line), onde o prazo para prestar provas acontecerá entre 10 de Setembro e 31 de Dezembro.

Em concreto, as equipas da Segurança Social irão ter em conta um leque mais abrangente dos rendimentos do requerente, bem como do seu agregado familiar.

 

O beneficiário terá que comprovar, entre outras coisas, que o património mobiliário do seu agregado familiar não excede os 100 mil euros, de acordo com as novas regras que entraram em vigor no início do mês.

Para demonstrar o património, os beneficiários deste tipo de prestações terão duas alternativas: ou autorizar os serviços a consultar a informação junto das respectivas instituições financeiras ou entregar cópias dos extractos à data da prestação das provas.

Os juros das contas bancárias poderão ser confirmados, posteriormente, através do cruzamento de informação com o Ministério das Finanças.


"À partida confiamos na declaração dos beneficiários, mas temos que ter mecanismos de fiscalização", disse Pedro Marques.

À luz das novas regras, além dos salários, passam assim a ser contabilizados outros rendimentos do agregado familiar, tais como os rendimentos de capitais e prediais, as pensões, as prestações sociais, os apoios à habitação com carácter de regularidade e as bolsas de estudo e formação.

O conceito de agregado familiar é ele próprio também alterado com a nova legislação, passando a ser consideradas todas as pessoas que vivam em comum com o beneficiário, incluindo parentes e afins maiores "em linha recta e em linha colateral até ao terceiro grau".

Com entrada em vigor do diploma, a Segurança Social passa também a cancelar o apoio aos beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI), entre os 18 e os 55 anos, que recusem "emprego conveniente", trabalho socialmente necessário ou propostas de formação.

 

 

 

In' Jornal de Negócios