Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Bolsas norte-americanas perdem mais de 1% com sinais de abrandamento económico

19.08.10, Planeta Cultural

O Standard & Poor’s 500 desvalorizou 1,69% para 1.075,63 pontos. O Dow Jones desceu 1,39% para 10.271,21 pontos e o Nasdaq caiu 1,66% para 2.178,95 pontos.

Na semana passada o presidente da Fed, Ben Bernanke, tinha alertado para o cenário de abrandamento da economia norte-americana, o que parece confirmar-se pelos dados económicos hoje revelados.

A queda de Wall Street arrastou a Europa também para o vermelho, anulando o impacto positivo com o facto de o Bundesbank ter revisto em alta as estimativas de crescimento da Alemanha. Os índices do velho continente registaram hoje perdas entre os 0,81% (PSI-20) e os 2,07% (o francês Cac).

Os novos pedidos de subsídio de desemprego aumentaram de forma inesperada em 12 mil na semana passada, atingindo a marca dos 500 mil. Este é o nível mais elevado desde Novembro, num indício de que as empresas estão a abrandar o ritmo de contratações à medida que a economia abranda.

Já depois da abertura de Wall Street foram revelados novos dados que confirmam o cenário de abrandamento. O índice que mede a actividade manufactureira na região de Filadélfia entrou de forma inesperada em contracção. Caiu de 5,5 pontos positivos para 7,7 pontos negativos em Agosto, quando os economistas antecipavam um aumento.

Já o índice de indicadores económicos avançou 0,1%, depois de ter recuado 0,2% em Junho.

A pressionar os índices norte-americanos estão empresas como a Intel, que afunda 3,17% para os 18,96 dólares depois de ter anunciado hoje que chegou a acordo para comprar a totalidade das acções da McAfee por 7,68 mil milhões de dólares (5,96 mil milhões de euros), a 48 dólares cada acção. O prémio da oferta é de 60%, face ao preço de encerramento das acções na última sessão. A McAfee somou 57,7%.

A contribuir para a tendência esteve ainda o sector da banca com o JP Morgan a depreciar 2,06% para os 37,11 dólares e com o Citgroup a perder 1,55% para os 3,80 dólares.

 

 

O Planeta Cultural agradece que faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Gordon Brown: Cada discurso rende-lhe 100 mil dólares

19.08.10, Planeta Cultural

 

Pois è, cada discurso que faz a conta de Gordon Brown aumenta 100 mil dólares.

 

È isso aí, o antigo Primeiro Ministro Britânico exige 100 mil dólares, ou seja, 78 mil euros, por cada discurso que faça, isto, acompanhado de alojamento num hotel de cinco estrelas e um bilhete de avião em primeira classe.

 

 

Isto è que è ganhar dinheiro fácil..!