Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Carcereira é demitida após posar nua para a 'Playboy'

15.07.10, Planeta Cultural

 

Jessie Lunderby, uma carcereira do estado de Arkansas, nos Estados Unidos, que posou nua para a Playboy foi demitida. As informações são do TMZ.

 

Jessie exibiu suas curvas na edição de junho da revista, mas não agradou a todos com suas poses para lá de sensuais.

 

O condado de Washington decidiu por desligar Jessie de seu trabalho e alegou que estava inclusive pensando na segurança da moça. Isso porque além de ridicularizar o lugar em que trabalhava, a moça se expôs e despertou o interesse dos presos de quem tomava conta.

 

Em uma carta de cinco páginas, o condado explicou os motivos da demissão de Jessie e afirmou que não existem condições seguras da delegacia voltar a desempenhar seu trabalho com Jessie na equipe.

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Oi: Brasil tem potencial para lançar 5 satélites nos próximos anos

15.07.10, Planeta Cultural

O diretor de Planejamento Executivo da Oi, João de Deus, disse hoje que o Brasil tem um grande potencial para o lançamento de cinco satélites nos próximos cinco anos. "A cobertura satelital brasileira, apesar de ter nove satélites, ainda há carência", afirmou o executivo, no 4ª Encontro Empresarial Brasil-União Europeia. Segundo ele, há programas de governo para interiorização de serviços que não têm resposta adequada da capacidade satelital.width=1 height=1 alt="" src="http://row.bc.yahoo.com/b?P=BD_OW8iYqKumIPmqTBkU2AieAlCQ5Ew_agAACVkX&T=13ti21kv5%2fX%3d1279224320%2fE%3d97671421%2fR%3dbrnews%2fK%3d5%2fV%3d2.1%2fW%3dHR%2fY%3dBR%2fF%3d762114657%2fQ%3d-1%2fS%3d1%2fJ%3d72A898C8&U=13feqeffr%2fN%3dKV88BciYqD8-%2fC%3d668349.14214706.14111511.4309149%2fD%3dLREC%2fB%3d5377945%2fV%3d1">

 

Um exemplo disso é a proposta do Ministério das Comunicações de ampliar a compra de conexões de banda larga e telecentros para 107 mil pontos, a maioria deles destinados a 75 mil escolas públicas instaladas em áreas rurais. Segundo o executivo da Oi, mesmo que seja liberada a faixa de 450 MHz para atender à zona rural, ele acredita que haja uma "corrida" para o lançamento de um satélite a cada ano, nos próximos cinco anos, para atender à demanda.

 

O presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco, esteve reunido com o ministro das Comunicações, José Artur Filardi. O objetivo do encontro foi, exatamente, expor o interesse da Oi em fazer uma parceria com o governo para a construção de um satélite nacional. O ministro disse à Agência Estado que não foi apresentada nenhuma proposta formal. "Só expressaram o interesse e que entendem que é interesse dos dois: da Oi e do governo, que são os que mais fazem uso de satélite no país", afirmou.

 

O diretor da Oi observou que é comum o lançamento de satélites por meio de parcerias, pois o custo do investimento é alto, da ordem de R$ 500 milhões. Ele lembrou que, entre as condições impostas pela Agência Nacional de Telecomunicações para a compra a Brasil Telecom (BrT), a Oi teve de apresentar ao governo uma proposta de cooperação tecnológica em satélites para uso militar.

 

Copa


João de Deus destacou ainda que o Brasil tem desafios e oportunidades para a Copa de 2014. Segundo ele, assim como estão sendo feitos investimentos em turismo e infraestrutura, a área de telecomunicações também tem de receber atenção especial, sobretudo a banda larga.

 

Segundo o executivo, até o fim do ano, a Oi terá infraestrutura de banda larga em todos os municípios brasileiros. "Em 2007, era apenas 33% e, em apenas três anos, chegaremos a 100% de cobertura e, com a ajuda da Telefônica, teremos banda larga em 100% do território brasileiro", observou.

 

O Planeta Cultural agradece que faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Brasileiros criam aplicativo para iPhone que imita o "polvo vidente"

15.07.10, Planeta Cultural

O polvo "vidente" Paul, que acertou todos os palpites para os jogos da Copa do Mundo, ganhou uma versão virtual, um "programinha" que pode ser baixado para iPhone ou iPod Touch.

 

Agora, além de previsões para jogos de futebol, o animal também ajuda o usuário a resolver questões da vida prática, como o que comer, aonde ir e o que vestir.

 

O aplicativo foi criado pela empresa brasileira uToucLabs, que está no mercado há três meses. Assim como acontecia nas partidas de futebol, o povo Paul virtual também consegue escolher entre duas possibilidades: é possível digitar as duas opções e ver o que o destino (na verdade, o código do programinha) diga qual é a mais adequada – o sistema se baseia em escolhas aleatórias, que não são influenciadas pela localização do usuário ou o horário da pergunta.

 

Leonardo Copello, gerente de marketing e produto da empresa, diz que a ideia foi dar aos usuários de iPhone uma forma divertida de tomar decisões.

 

– Se você está com a sua namorada e não sabe o que fazer, pode perguntar: "praia" ou "campo"? O polvo vai escolher uma das opções.

O aplicativo, que se chama Ask The Octopus (pergunte ao polvo), está disponível na App Store, a loja de programinhas da Apple, por R$ 1,74 (US$ 0,99).

 

 

Fonte: R7

Vaticano anuncia regras para acelerar punição de abuso de menores

15.07.10, Planeta Cultural

O Vaticano divulgou nesta quinta-feira novas regras para lidar com maior rapidez com as denúncias de abusos sexuais contra menores cometidos por sacerdotes.

 

Entre as medidas adotadas está a possibilidade de encaminhar os casos mais graves ao papa e de punir os responsáveis por “decreto extrajudicial”, sem depender de um processo normal dentro da igreja, que pode ser mais demorado.

 

O Vaticano passou a permitir a presença de não religiosos nos tribunais eclesiásticos e aumentou o prazo de prescrição dos crimes de 10 para 20 anos após a vítima ter completado 18 anos.

 

A nova legislação introduz também o crime de pornografia de menores, definindo como delito a aquisição ou divulgação, por qualquer meio, de imagens pornográficas envolvendo pessoas com menos de 14 anos.

 

Além disso, pela primeira vez o Vaticano também contempla em suas regras o abuso sexual contra pessoas portadoras de deficiência mental.

Os sacerdotes que abusarem de adultos deficientes agora serão tratados da mesma forma que os que abusarem de menores.

 

Mulheres


Esta foi a primeira revisão das regras da Igreja sobre este assunto em nove anos, e foi anunciada após a grande repercussão dos casos de pedofilia envolvendo sacerdotes católicos em vários países.

 

"A Congregação para a Doutrina da Fé está trabalhando para que as normas sobre os abusos sexuais contra menores por parte do clero ou instituições ligadas à Igreja sejam sempre mais rigorosas, coerentes e eficazes", disse o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

 

A revisão das regras anunciada nesta quinta-feira também aborda a ordenação de mulheres como sacerdotes.

 

Segundo o vaticano, qualquer tentativa nesse sentido é um “crime grave”.

 

 

O Planeta Cultural agradece que faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

França prende quatro no caso envolvendo herdeira da L’Oréal

15.07.10, Planeta Cultural

O fotógrafo François-Marie Banier, acusado de extorquir 1 bilhão de euros em presentes da herdeira da L’Oréal, Liliane Bettencourt, e mais três pessoas envolvidas no caso que se transformou em um grande escândalo político na França tiveram sua prisão temporária decretada nesta quinta-feira, segundo o jornal Le Monde.

 

As outras três pessoas detidas para interrogatório policial são Patrice de Maistre, gestor da fortuna da bilionária, o ex-advogado tributarista da herdeira da L’Oréal, Fabrice Goguel, e Carlos Vejarano, administrador da ilha de Arros, no arquipélago de Seicheles, no Oceano Índico.

 

 

Leia mais na BBC Brasil

"Quem ganhou as eleições foi o PS"

15.07.10, Planeta Cultural

"Quem ganhou as eleições foi o PS". Foi assim que o primeiro-ministro respondeu a Paulo Portas que pediu hoje para que José Sócrates abandonasse o Governo.

 

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, pediu hoje, durante o debate sobre o Estado da Nação, ao primeiro-ministro que abandone o Governo e que seja formado um Executivo com os democratas-cristãos, PSD e PS. No final do debate, aos jornalistas, Sócrates foi peremptório “quem ganhou as eleições foi o PS”.

O primeiro ministro desvalorizou assim o repto de Paulo Portas para que saia do Governo e se forme um executivo PS, PSD e CDS, dizendo que há políticos "incorrigíveis" que "só pensam em arranjinhos de poder".


O primeiro-ministro sublinhou ainda que não pensa em eleições antecipadas “porque o país precisa é de respostas”, acrescentando que “isso é de uma total irresponsabilidade”.

Para Sócrates “isso é contrário aos interesses do país”, que “não precisa de crises”.

“Houve eleições há um ano. Essas eleições tiveram um resultado. Gostaria que todos o respeitassem”, concluiu o primeiro-ministro.

 

 

O Planeta Cultural agradece que faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Médicos avaliados por doentes

15.07.10, Planeta Cultural
Médicos avaliados por doentes

Propostas para reformar hospitais envolvem pagamento de incentivos e colocam utentes na administração

 

A opinião dos cidadãos vai contar para a avaliação dos hospitais, serviços e profissionais do sector da saúde, e a nota vai pesar na compensação financeira de quem presta cuidados. Mas o papel do utente não fica por aqui. Os conselhos de administração dos hospitais vão ter de reservar cadeiras para que os cidadãos participem nas suas reuniões semanais.

 

Estas são algumas das propostas feitas pelo Grupo Técnico para a Reforma da Organização Interna dos Hospitais, que foi designado pelo Ministério da Saúde, em Janeiro, para dar início a uma das reformas mais esperadas no Serviço Nacional de Saúde.

 

A leitura do relatório apresentado há dias à tutela, e que hoje entra em discussão pública, coloca o cidadão no centro do sistema de saúde, humaniza-o e respeita as necessidades actuais sentidas por quem trabalha no sector. De acordo com Alcindo Maciel Barbosa, o presidente deste grupo de peritos, "a produção dos serviços melhorou muito, mas isso não chega. Temos de equacionar a qualidade".

 

Por isso, todas as opiniões do utente têm de ser recolhidas e analisadas. "Aspectos como a humanização do atendimento dos utentes, a acessibilidade a cuidados, a forma como se dá informação aos doentes têm de ser avaliados. Mas não só. Os doentes devem ter uma palavra sobre aspectos técnicos como os cuidados prestados, como uma cirurgia que foi desmarcada", explica.

 

Apesar de haver casos em que as queixas não se justificam, "temos de deixar de as ver enquanto estatísticas e tentar fazer melhor". Mesmo que o utente não possa expressar a sua opinião, os familiares ou cuidadores terão direito à palavra.

 

Diz o relatório que a opinião recolhida "deve ser critério maximamente valorizado na avaliação das instituições e das respectivas administrações, dos serviços e dos seus profissionais". E isso reflecte--se directamente nos incentivos pagos às equipas e unidades, aliás uma novidade também englobada neste relatório (ver caixa).

 

Esta proposta integra uma das duas áreas consideradas essenciais para o coordenador do projecto: a governação clínica, um modelo que integra os gestores tradicionais, mas também médicos e a comunidade, que passam a reequilibrar o sistema. A produção não chega, e por isso soma-se a qualidade dos cuidados, tendo em conta as necessidades actuais - doenças crónicas e continuidade dos tratamentos a cada pessoa.

 

Para que isto se verifique, o grupo propõe rever os órgãos de administração hospitalar de forma a garantir que o cidadão seja representado no processo de decisão. Um exemplo é a sua inclusão enquanto vogal não executivo naquele órgão. Maciel Barbosa afirma que se preconizou, em tempos, que os cidadãos entrassem nos órgãos das regiões de saúde. Nos hospitais, "chegaram a estar nos conselhos gerais, mas apenas iam lá anualmente. Agora passam a acompanhar as decisões, os problemas da gestão e todo o processo de forma transparente. Já as suas opiniões serão tidas em conta, em vez de aparecerem só nos jornais", ironiza.

 

A segunda grande área do relatório propõe todo um novo modelo de organização dos hospitais. O hospital passa a ser um conjunto de unidades autónomas de gestão (mini-hospitais), com autonomia financeira, de funções e de gestão. "Cada unidade terá uma gestão intermédia composta por gestores mas também profissionais, para que se valorize a qualidade e não só o número de actos feitos, porque há especialidades que não são só cirúrgicas que devem ser compensadas pelo bom trabalho", diz .

 

Estas unidades, que vão fazer o que for contratualizado com a administração e que serão pagas consoante o que fizerem, terão outras novidades. "Vamos ter unidades multidisciplinares a englobar várias especialidades e não apenas uma, como acontece agora. Um exemplo é a criação de uma unidade dedicada à saúde da mulher e da criança. A ideia é evitar que doentes com várias doenças andem a circular de serviço em serviço sem necessidade".

 

 

Visite a fonte da informação clicando aqui

Duran Duran e Carla Bruni em novo tributo a David Bowie

15.07.10, Planeta Cultural

Um novo tributo a David Bowie, «We Were So Turned On», chega a 6 de Setembro, avança o site Stereogum.


Entre os muitos desconhecidos, há presenças reconhecíveis como Duran Duran, Carla Bruni, Vivian Girls, Keren Ann e A Place To Bury Strangers. Também previstos, MGMT e Soulwax acabaram por cancelar a sua presença devido a questões de calendário.

 

Alinhamento:

 

Disco 1
Space Oddity (Exitmusic)
Boys Keep Swinging (Duran Duran)
Sound + Vision (Megapuss)
Ashes To Ashes (Warpaint)
Be My Wife (Corridor)
Always Crashing In The Same Car (Charlift)
John, I`m Only Dancing (Vivian Girls)
Fame (All Leather)
We Are The World (Afraid Of Americans)
Suffragette City (A Place to Bury Strangers)
Repetition (Tearist)
Look Back In Anger (Halloween Swim Team)
Fashion (Afghan Raiders)
Theme From Cat People (The Polyamorous Affair)
Red Money (Swahili Blonde com John Frusciante)
I`m Deranged (Jessica 6)
African Night Flight (Aska com Moon & Moon)
China Girl (Xu Xu Fang)

 

Disco 2
Heroes (VOICEsVOICEs)
Absolute Beginners (Carla Bruni)
Blue Jean (Papercranes)
Life on Mars? (Keren Ann)
Changes (Lewis & Clarke)
It Aint Easy (Zaza)
Soul Love (Genuflex)
Bewley Brothers (Sister Crayon)
Art Decade (Marco Benevento)
Ashes To Ashes (Mick Karn)
World Falls Down (Lights)
The Superman (Aquaserge)
Starman (Caroline Weeks)
Quicksand (Rainbow Arabia)
Sound + Vision (Mechanical Bride)
Memory Of A Free Festival (Edward Sharpe & The Magnetic Zeros)

 


Visite a fonte da informação clicando aqui



Matou mulher à facada em Arcozelo

15.07.10, Planeta Cultural

Uma mulher, de 44 anos, foi assassinada à facada pelo marido, esta manhã, em Arcozelo, Vila Nova de Gaia. O agressor, de 43 anos, já foi detido pela GNR.

 

Segundo o JN apurou, o casal encontrava-se em processo de divórcio e a mulher já estava a viver com os filhos noutra casa.

 

Hoje, quinta-feira, de manhã, cerca das 11.30 horas,  quando ia buscar uns pertences à residência do marido, na Rua Senhor do Calvário, este pediu-lhe para conversarem e acabou por esfaqueá-la mortalmente na lavandaria, nas traseiras da habitação.

 

O indivíduo fugiu do local, mas acabaria por ser detido, cerca das 13 horas, no centro de Gaia, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR, e entregue à Polícia Judiciária.

 

 

Fonte: Jornal de Notícias