Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Moçambique: 22 empresas interessadas na 3.ª operadora móvel

29.06.10, Planeta Cultural

Vinte e duas empresas, nacionais e internacionais, compraram cadernos de encargos no concurso de terceira operadora de telemóveis em Moçambique, cujas propostas deverão ser apresentadas até segunda-feira.


O director-geral do Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique (INCM), Américo Muchanga, refere que o registo empresas que compraram cadernos de encargos no concurso será conhecido na terça-feira. O responsável escusa-se, no entanto, a adiantar nomes dos outros proponentes.

 

A primeira fase do concurso arrancou a 6 de Abril do corrente ano.

 

Actualmente Moçambique tem duas operadoras de rede móvel: a mCel, controlada pela empresa estatal Telecomunicações de Moçambique, com quatro milhões de clientes, e a Vodacom, consórcio moçambicano e sul-africano, com 47% de quota do mercado.

 

Há um ano o Governo moçambicano autorizou a entrada de um terceiro operador de telefonia móvel para "responder à procura" dos clientes, sustentando que em Moçambique ainda "existem condições" para a entrada de um novo operador no crescente mercado.

 

Segundo dados do INCM, instituição reguladora do sector, mais de 27% da população moçambicana já tem telemóvel, mas o mercado está em fase de crescimento.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui
O Planeta Cultural agradece

 

 

 

Governo propõe isenção de portagens nas SCUT em 46 concelhos

29.06.10, Planeta Cultural

O Governo avançou com uma proposta de isentar de portagens nas SCUT os concelhos onde o poder de compra seja inferior à média nacional. Veja aqui quais são os 46 municípios por onde passam as SCUT que podem ficar isentos, caso o PSD aceite a proposta.

De acordo com o Ministério das Obras Públicas, se for alcançado um acordo entre o Governo e o maior partido da oposição, no âmbito das negociações em curso com vista à implementação de portagens nas actuais auto-estradas sem custos para os utilizadores (SCUT), a isenção aplica-se aos residentes e actividades económicas inscritas em 46 concelhos.

O critério do Governo passou por seleccionar os concelhos onde o índice de poder de compra concelhio seja inferior a 100, ou seja, abaixo da média nacional.

O Ministério sublinha que o “critério e a lista são uma proposta do Governo” e um “ponto de partida” para trabalhar no sentido de obter o necessário “acordo politico que permita, com justiça e equidade, executar a cobrança de portagens que consta do Programa de Estabilidade e Crescimento”.

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão, afirmou esta tarde que “os deputados do PS, em articulação com o Governo, apresentarão as propostas de especialidade que permitam clarificar e aperfeiçoar o sistemas de cobrança electrónica de portagens, sem rupturas nem retrocessos no desenvolvimento do processo”.

O ministro adiantou que, “apesar da atitude de dupla face do PSD”, o Governo está disponível para “se sentar à mesa das negociações, sem ultimatos nem exigências prévias”.

Lista dos Conselhos que o Governo propõe ficar isentos de portagens.

Municípios atravessados pelas 7 SCUTS que preenchem o critério de isenção proposto pelo Governo (IPCC < 100)

 


Municípios atravessados IPCC
2007
Abrantes 87
Águeda 79
Albergaria-a-Velha 75
Belmonte 61
Caminha 77
Castelo Branco 96
Castro Daire 52
Castro Marim 78
Celorico da Beira 56
Chaves 74
Constância 84
Covilhã 84
Esposende 78
Fornos de Algodres 52
Fundão 70
Guarda 92
Ílhavo 85
Lagoa 87
Lamego 78
Lousada 59
Mação 62
Mangualde 76
Olhão 87
Oliveira de Frades 72
Ovar 85
Paços de Ferreira 66
Paredes 66
Peso da Régua 77
Ponte de Lima 58
Póvoa de Varzim 88
Santa Maria da Feira 79
Santo Tirso 78
Silves 80
Tavira 88
Torres Novas 91
Vagos 61
Valongo 83
Viana do Castelo 88
Vila do Conde 97
Vila Pouca de Aguiar 52
Vila Real 97
Vila Real de Santo António 94
Vila Velha de Ródão 63
Viseu 92
VN Barquinha 65
Vouzela 54



A isenção aplica-se aos residentes e actividades económicas inscritas na área

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui


Shakira regressa a Portugal em Novembro

29.06.10, Planeta Cultural

A cantora colombiana Shakira vai actuar a 21 de Novembro no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, meses depois de se ter apresentado no festival Rock in Rio Lisboa, anunciou hoje, terça-feira, a editora Sony.


Shakira regressa a  Portugal em Novembro
Shakira esteve em portugal no último Rock in Rio

Os bilhetes para o concerto só vão ser colocados à venda a partir do dia 9 de Julho.

 

Shakira anunciou na segunda-feira que vai estar em digressão pela Europa a partir de 16 de Novembro, dia em que actua em Lyon, França.

 

A última vez que Shakira esteve em Portugal foi no final de maio para integrar o cartaz do Rock in Rio Lisboa, protagonizando uma das maiores enchentes do festival, com cerca de 81 mil pessoas, segundo a organização.

 

Na altura, a cantora foi buscar os temas mais antigos, dos álbuns "Laundry Service" ou "Fijacion oral", misturou ritmos latinos, árabes e jamaicanos e apenas apresentou duas canções do novo registo "She wolf".

 

É precisamente este álbum que Shakira irá apresentar agora numa nova digressão e que passará por Lisboa em Novembro.

 

Na próxima semana, no dia 11, a cantora vai actuar no encerramento do mundial de futebol, na África do Sul, onde deverá interpretar o tema oficial do campeonato, "Waka Waka".

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Vinte pessoas nuas na abertura da Code no Porto

29.06.10, Planeta Cultural

 

Uma abertura a nu. A inauguração da Code no “shopping” Gran Plaza, no Porto, foi esta tarde assinalada com a oferta de roupa e calçado aos primeiros 10 h

omens e 10 mulheres que entrassem na loja totalmente nus. Apareceram 17 homens e 3 mulheres.

É a terceira vez que a SDV (Sociedade de Distribuição de Vestuário), que explora a cadeia de lojas de vestuário da marca Code, adopta esta forma de lançamento para a abertura de uma nova loja. Mas esta foi a primeira vez que registou a adesão de mulheres.

Com o mote “Entrar nu e sair vestido”, o desafio passava por atrair dez homens e dez mulheres a entrarem totalmente nus na loja para receberem roupa e calçado num valor até aos 300 euros. Conseguiram ter na sua loja do Gran Plaza três mulheres e 17 homens.

A marca da SDV, sediada em Ermesinde, próximo do Porto, detém 42 lojas em Portugal e duas na Polónia.

 

 

Visite a fonte da informação aqui