Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Professores de Português elogiam clareza e objectividade do exame

16.06.10, Planeta Cultural

A Associação de Professores de Português considera que o exame nacional do 12.º ano está de acordo com os conteúdos programáticos definidos como objecto de avaliação e elogia a forma clara e objectiva das perguntas.

 

Num parecer divulgado hoje, quarta-feira, à tarde, a Associação de Professores de Português (APP) começa por afirmar que a prova "está de acordo com os conteúdos programáticos seleccionados pela tutela como objecto de avaliação e que se restringem a apenas um ano de escolaridade".

 

Sobre o Grupo I, no qual foi apresentado um excerto da obra "Os Lusíadas", a associação sublinha que as questões estavam formuladas de "forma clara e objectiva", sendo "muito semelhantes" às que os professores utilizam diariamente nas aulas.

 

Em relação ao Grupo II, composto por perguntas de escolha múltipla, a APP diz que as questões "não suscitam dúvidas".

 

Sobre esta prova (639), agendada para hoje, quarta-feira, às 14 horas e para a qual estavam inscritos 75 835 alunos, a Associação de Professores de Português não faz qualquer crítica.

 

A primeira fase dos exames nacionais do Ensino Secundário começou hoje e termina a 23 de Junho. Também hoje arrancaram as provas do 9.º ano, com Língua Portuguesa. Para a próxima sexta-feira está agendado o exame de Matemática.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Casal de namorados é torturado e eletrocutado em 'crime de honra' na Índia

16.06.10, Planeta Cultural

Um casal de namorados foi torturado e assassinado em um suposto crime de honra em Nova Déli, em um caso que chocou a Índia.

 

Yogesh Kumar Jatav e a namorada, Asha Saini, ambos com 19 anos, foram torturados e espancados durante quatro horas e eletrocutados até morrerem na madrugada de segunda-feira, segundo a mídia local.

 

O pai da jovem, Suraj Kumar Saini, e o tio, Om Prakash, foram indiciados pelo crime, que teria sido cometido porque eles não aprovavam a relação de Asha com um rapaz de uma casta diferente.

 

“Ao serem perguntados por que tomaram um passo tão drástico, Saini e Om Prakash disseram que Asha não deixou alternativa”, disse um policial ao jornal Hindustan Times. “Eles disseram que Asha os frustrou profundamente e que a família não se arrependia de tê-los matado.”

 

Sem arrependimento


Segundo o jornal Expressindia, o tio da jovem disse que não se arrepende do que fez. “O que você faria se alguém entrasse em sua casa às 00h30 para encontrar sua filha?”

 

Ainda segundo a mídia local, Asha queria se casar com Yogesh, que era motorista de táxi, mas sua família estava tentando arranjar o casamento dela com outra pessoa e havia alertado a jovem a terminar o relacionamento.

 

Os corpos dos dois foram encontrados, amarrados e com marcas de violência, na casa do tio da jovem, depois que vizinhos chamaram a polícia.

Os vizinhos disseram que tentaram entrar na casa ao ouvirem os gritos do casal, mas foram recusados pelo tio da jovem, que disse que estava cuidando de uma questão familiar.

 

Suraj Kumar Saini e Om Prakash serão mantidos em custódia policial até esta quinta-feira para serem interrogados.

A polícia também quer investigar se outros membros da família estavam envolvidos no crime.

 

Crimes de honra


Os chamados crimes de honra ainda são comuns na Índia rural, mas esse caso chocou o país por sua brutalidade e por ter ocorrido na capital do país.

 

Muitos desses casos são de mulheres que foram desfiguradas com ácido ou assassinadas pelos maridos ou pela família por terem, na visão deles, manchado sua honra.

 

A Índia possui um complexo e rígido sistema de castas que designa a posição de cada pessoa na hierarquia social com base em fatores hereditários.

 

Apesar de leis banindo a discriminação, a violência relacionada a preconceitos contra pessoas de castas mais baixas também ainda é bastante comum em várias partes do país.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

CP mantém serviço regional entre Alcáçovas e Beja

16.06.10, Planeta Cultural

A CP vai manter o serviço regional na Linha ferroviária do Alentejo, entre Alcáçovas (Évora) e Beja, depois de vários contactos e troca de informações com as autarquias e utentes, disse hoje à agência Lusa fonte da empresa.


“A CP encontra-se em permanente monitorização da evolução das soluções de transporte da Linha do Alentejo junto das autarquias e clientes e após vários contactos e troca de informações foi tomada esta decisão”, adiantou Ana Portela, directora de Marketing e Comunicação da empresa.

 

A CP tinha previsto suspender na segunda-feira o serviço regional entre Évora e Beja, na sequência das obras da REFER para a reabilitação e electrificação da infra-estrutura na Linha do Alentejo.

 

De acordo com o horário consultado pela Lusa, em vigor desde segunda-feira, o transporte rodoviário alternativo mantém-se no percurso Évora, Casa Branca e Alcáçovas, sendo que a manutenção do serviço é por um período indeterminado.

 

“Neste momento, tomámos esta decisão, mas se houver uma indicação da REFER em contrário teremos de ajustar a nossa oferta”, acrescentou.

 

Num investimento superior a 48 milhões de euros, as obras de modernização, no troço Bombel/Vidigal a Évora, numa extensão de 32 quilómetros, implicam a suspensão, durante um ano, do comboio Intercidades (de Lisboa a Évora e a Beja).

 

 

 


Visite aqui a fonte da informação

Maniche apresentado: «Sou o sócio oito mil e pouco»

16.06.10, Planeta Cultural

Maniche ficou com os holofotes na apresentação dos três primeiros reforços do Sporting para 2010/11. Evaldo e André Santos ficaram, assim, um pouco na sombra do internacional português, que já jogou no Benfica e no F.C. Porto, e que revelou torcer pelo clube desde sempre.


«É um sonho jogar no Sporting, apesar de nas opiniões ser velho para jogar futebol em Portugal, com 32 anos. Nas outras ligas vejo jogadores com mais de 30 anos a ganhar a Liga dos Campeões», disse Maniche na conferência de imprensa.

 

Maniche

 

O médio admitiu que esta foi a «negociação mais fácil» da sua vida. «Bastou um telefonema do director desportivo, um grande amigo, a quem agradeço. Bastou ele perguntar se queria jogar no Sporting e eu disse, evidentemente, que sim. Era uma oportunidade única de representar o meu clube», contou o jogador.

 

Fora de Portugal desde a época 2005/06, Maniche vê agora o seu desejo cumprido. «É um sonho meu, do meu pai, um sonho que tenho desde pequeno. Às vezes ouvimos dizer 'sou do Sporting desde pequenino', mas eu sou o sócio oito mil e pouco e espero triunfar e dar alegrias aos adeptos», continuou Maniche, que já passou também pelo Dínamo Moscovo, Chelsea, At. Madrid, Inter e Colónia, antes de ingressar nos leões.

 

O médio revelou também que já teve oportunidade de falar com o treinador Paulo Sérgio: «Tem a ambição de ganhar neste grande clube. A sensação foi óptima, transmitiu muita confiança, está com muita vontade de trabalhar.»

 

De resto, Maniche sublinha que «é óbvio que o objectivo é ser campeão já neste ano», porque sempre foi «habituado a jogar para ganhar».

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Invernos Frios e Nevados serão “a regra” no clima da Europa no Futuro

16.06.10, Planeta Cultural

Uma conjunção de factores naturais e do aumento da concentração dos gases com efeito de estufa está na origem de alterações no clima do Árctico. Estas são responsáveis por modificações nos padrões  de vento que causaram o Inverno frio e nevado que se viveu em 2009-10. As alterações são irreversíveis e farão com que os Invernos frios e com neve se tornem a “regra”.

 

É amplamente aceite que o clima no Árctico está a aquecer de forma mais rápida que no resto do planeta, um fenómeno conhecido como “Amplificação do Árctico”, que está na origem de alterações nos padrões de ventos responsáveis pelo Inverno especialmente frio e nevado de 2009-10 que se viveu na Europa e Este da Ásia e da América do Norte.

 

Segundo explica James Overland , de um laboratório americano, as alterações do clima do Árctico não são apenas consequência do aumento da concentração atmosférica de gases com efeito de estufa, resultando também “de uma combinação de um período invulgarmente quente devido a variabilidade natural, à perda da reflectividade do gelo marinho, ao armazenamento de calor oceânico e às alterações nos padrões de ventos”.

Estes factores, continua James Overland “interferiram na memória e estabilidade do sistema climático do Árctico, resultando numa maior perda de gelo do que a prevista pelos anteriores modelos de Alterações Climáticas”.

 

Segundo o investigador “As alterações [no Árctico] são irreversíveis” e “os Invernos frios e nevados serão, no futuro, “a regra” e não excepção no clima na Europa e Este da Ásia e América do Norte”.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

CLUBE DE COMÉDIA

16.06.10, Planeta Cultural
Bruno Nogueira, Eduardo Madeira, Francisco Menezes, Nilton, Óscar Branco e Aldo Lima, vão estar em palco na Casa das Artes - Vila Nova de Famalicão, no dia 26 de Junho, durante 90 minutos oferecendo aquilo que sabem muito bem fazer, ou seja, muito humor.

 

 

Num espaço aberto a todo o tipo de ideias, os seis humoristas actuam em liberdade total com um humor sem regras para além da de fazer rir. Depois de uma temporada no Maxime, sempre com casas esgotadas e muitas pessoas a ficarem à porta, este clube de sucesso vem até Vila Nova de Famalicão.

Entrada: 12 euros
M/16

Início: 21H30
Duração: 90 m

 

Endereços para informações e reservas:
CASA DAS ARTES DE VILA NOVA DE FAMALICÃO
Parque de Sinçães
Telefone: 252 371304 / 252 371297
Fax: 252 371299
E-mail: casadasartes@vilanovadefamalicao.org
www.casadasartes.org

Portugal não precisa de ajuda financeira

16.06.10, Planeta Cultural

José Sócrates garante

 

 

O primeiro-ministro José Sócrates garantiu esta tarde à chegada a Bruxelas que Portugal não precisa de ajuda financeira externa. "Sabemos exactamente o que fazer", afirmou Sócrates.

"Não precisamos de qualquer ajuda [externa]. Sabemos exactamente o que fazer", disse Sócrates à chegada a Bruxelas, onde amanhã vai ter lugar a Cimeira Europeia, citado pela agência Reuters.

Esta tarde no Parlamento, Emanuel dos Santos, secretário do Estado adjunto e do Orçamento, evitou falar na possibilidade de Portugal adoptar novas medidas de austeridade para cumprir as renovadas exigências de Bruxelas.

"Temos confiança nas medidas que foram anunciadas aos portugueses e que a implementação e a consolidação destas medidas serão suficientes para responder às dificuldades de hoje", resumiu o secretário de Estado.

Bruxelas considera que Portugal deve flexibilizar despedimentos e mexer nas condições de atribuição do subsídio de desemprego para reformar o seu mercado de trabalho e criar condições para aumentar o potencial de crescimento da economia.

A recomendação surge no âmbito da análise às medidas de combate ao endividamento público em Portugal – que Bruxelas considerou ontem “não serem suficientes” para atingir o défice de 4,6% do PIB prometido para 2011 e a produzir uma inversão da tendência de agravamento da dívida pública.

 

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui