Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Bento XVI sorri para a imagem da Virgem

12.05.10, Planeta Cultural

Após ler a oração na qual Bento XVI fez referência a João Paulo II e à protecção de Nossa Senhora de Fátima na tarde de 13 de Maio de 1981, o Papa sorriu para a imagem da Virgem.

 

A chuva começou a cair assim que teve início a Peregrinação Internacional Aniversária a que Bento XVI preside.

 

O silêncio antecedeu as primeiras palavras do Papa na Capelinha das Aparições que ecoaram pelo recinto do Santuário.

 

Enquanto o coro Infantil do Santuário de Fátima, Bento XVI não desvia os seus olhos da imagem da Virgem.

 

O anúncio da oferta da rosa de ouro ao Santuário de Fátima foi acompanhada por aplausos dos muitos peregrinos.

 

 

Fonte: Agência Ecclesia

OCDE defende mais tributação de capitais em vez do 13.º mês

12.05.10, Planeta Cultural

Portugal deve subir "consideravelmente" os impostos sobre rendimentos de capitais - obtidos através de dividendos ou juros de depósitos - antes de criar uma tributação extraordinária sobre o subsídio de Natal, defende a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE).

"Portugal tem uma taxa de 20% sobre os dividendos recebidos pelos accionistas. Esta taxa pode ser aumentada, talvez consideravelmente", afirma ao Negócios Bert Brys, economista da OCDE. A carga fiscal global sobre os dividendos (incluindo o imposto das empresas sobre os lucros) é de 41,2%, afirma o especialista em política fiscal. "Subir a taxa sobre dividendos para 25% implicaria uma carga fiscal de 44,9%, o que parece razoável", afirma.

 

Fonte: Jornal de Negócios

Papa em Portugal: Na Igreja não faltam filhos insubmissos e rebeldes

11.05.10, Planeta Cultural
 
   

Bento XVI celebrou a santa missa, esta tarde, no Terreiro do Paço, em Lisboa, onde o aguardavam vários fiéis e peregrinos.

 

O Papa entrou no Terreiro do Paço sob aplausos e vivas. Quando desceu do papamóvel o pontífice acenou saudando os portugueses, com um sorriso aberto. À sua espera estava o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, que lhe entregou as chaves da cidade.

 

O Santo Padre agradeceu ao Patriarca de Lisboa, Cardeal José da Cruz Policarpo, por suas calorosas palavras a ele proferidas no início da celebração em nome da comunidade católica portuguesa e agradeceu também a presença do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, e demais autoridades.

 

Em sua homilia, Bento XVI recordou as palavras de Jesus no Evangelho de Mateus: "Ide fazer discípulos de todas as nações, […] ensinai-lhes a cumprir tudo quanto vos mandei. E Eu estou sempre convosco, até ao fim dos tempos".

 

Bento XVI sublinhou que estas palavras do Cristo ressuscitado, "revestem-se de um significado particular nesta cidade de Lisboa, donde partiram em grande número gerações e gerações de cristãos".

 

"Lisboa amiga, porto e abrigo de tantas esperanças que te confiava quem partia e pretendia quem te visitava, gostava hoje de usar as chaves que me entregas para alicerçar as tuas esperanças humanas na Esperança divina" – frisou o Pontífice.

 

O Santo Padre recordou os santos Veríssimo, Máxima e Júlia, ali martirizados na perseguição de Diocleciano, São Vicente, diácono e mártir, padroeiro do Patriarcado de Lisboa, Santo Antônio e São João de Brito que partiram dali para semear a boa semente de Deus em outras terras e São Nuno de Santa Maria.

 

O Papa frisou que a Igreja é formada pelos servos de Deus de todos os tempos e lugares. "Sabemos que não lhe faltam filhos insubmissos e até rebeldes, mas é nos Santos que a Igreja reconhece os seus traços característicos e, precisamente neles, saboreia a sua alegria mais profunda.

 

Fixando os seus Santos, esta Igreja local concluiu justamente que a prioridade pastoral hoje é fazer de cada mulher e homem cristão uma presença irradiante da perspectiva evangélica no meio do mundo, na família, na cultura, na economia, na política" – disse ainda o Pontífice.

 

Bento XVI concluiu, exortando os jovens a não duvidarem da presença de Cristo entre nós, a reconhecê-Lo nos pobres e testemunhar a sua presença forte e suave a todos. "Seguindo Jesus é que se encontra o verdadeiro sentido da vida e, consequentemente, a alegria verdadeira e duradoura".

 
 

Fonte: Rádio Vaticano / CatolicaNet

Passos prepara PSD para a crise

11.05.10, Planeta Cultural

O líder da oposição está a reforçar os contactos com todos os órgãos do PSD para preparar o partido para o conjunto de medidas austeras e difíceis que o Governo vai aprovar no conselho de ministros de quinta-feira e que o obrigarão a tomar posição pública. Seja para as rejeitar ou para as apoiar.

 

Hoje, Passos Coelho reúne a comissão permanente do PSD (a direcção do partido), segue-se um conselho nacional (o Parlamento dos social-democratas) e, amanhã, um encontro com o grupo parlamentar.

 

O líder do PSD mantém a aposta na redução da despesa do Estado como a melhor alavanca para o país sair do aperto financeiro em que se encontra e insiste na tese de que aumentar a carga fiscal deve ser "um último recurso". Isso mesmo fará questão de explicar ao primeiro-ministro com quem se encontrará ainda antes de quinta-feira. Daí que Passos mantenha como prioritário o "plano b" para o programa de estabilidade e crescimento que o PSD apresentou no mês de Abril no Parlamento e que prevê um corte no desperdício na ordem dos 1,7 mil milhões de euros.

 

Depois de ter convocado ontem um conselho nacional, o órgão do partido onde estão representadas as várias tendências (incluindo Paulo Rangel e os seus apoiantes, os principais derrotados nas últimas directas), o secretário-geral do PSD fez questão de enviar um SMS a todos os conselheiros para os sensibilizar para a relevância do encontro. "Relembro a importância da sua presença no Conselho Nacional de hoje, às 21h, em Santarém!".

 

Após o primeiro encontro que manteve com Sócrates, na residência oficial do primeiro-ministro, Passos Coelho ouviu muitos elogios mas também algumas críticas. Entre os reparos mais sonantes esteve um, de Nuno Morais Sarmento, que disse esperar que antes de um próximo encontro entre Sócrates e Passos o conselho nacional fosse convocado porque "uma coisa é o líder do PSD, outra o PSD".

 

 E Passos Coelho, diz Sarmento, terá uma posição "reforçada" caso ausculte o partido antes de apoiar ou rejeitar qualquer medida apresentada pelo Executivo. Incluindo o aumento de impostos que, a seu colocado em prática insiste Sarmento, deverá contar com o apoio dos social-democratas.

 

Visite a fonte da informação aqui

Mota-Engil deve apresentar "forte performance operacional"

11.05.10, Planeta Cultural

Os resultados do primeiro trimestre que a Mota-Engil vai anunciar na quinta-feira devem mostrar “uma forte performance operacional”, devido à elevada carteira de encomendas, de acordo com as previsões do CaixaBI, que estima um crescimento nos lucros de 83,3%.

Numa nota de “research” hoje publicada, a analista Teresa Caldeira diz que a Mota-Engil “deve apresentar uma forte performance operacional, suportada pelo sector da construção, que deverá justificar um crescimento de 11,2% nas receitas, para 478 milhões de euros.

Os lucros terão aumentado 83,3% para 4 milhões de euros, de acordo com as previsões do CaixaBI, que aponta para um EBITDA ajustado de 74 milhões de euros, um aumento homólogo de 13%.

A mesma fonte lembra que a empresa liderada por Jorge Coelho terminou o ano passado com uma carteira de encomendas de 3,2 mil milhões de euros no negócio da construção, com um período médio de execução de 23 meses, sendo que “Angola continuará a ser o principal mercado a impulsionar a actividade da empresa”.

“Esperamos que a empresa continue a apresentar uma forte performance operacional, alavancada por uma forte e diversificada carteira de encomendas”, conclui Teresa Caldeira.

O CaixaBI atribui uma recomendação de “comprar” à Mota-Engil, com um preço-alvo de 5 euros, mais do dobro da cotação actual. As acções da construtora desceram 4,55% para 2,33 euros, sendo das mais penalizadas pela actual crise, que levou o Governo a adiar o arranque de várias obras públicas.

 

Fonte: Jornal de Negócios

Pagamento aos clientes do BPP avança

10.05.10, Planeta Cultural

A Comissão Directiva do Sistema de Indemnização aos Investidores, apesar da providência cautelar interposta pelos bancos portugueses, decidiu avançar com o pagamento aos clientes do Banco Privado Português.

A decisão foi comunicada hoje em comunicado e surge depois de a Comissão Directiva do Sistema de Indemnização aos Investidores (SII) ter deliberado “reconhecer a existência de grave prejuízo para o interesse público” com a providência cautelar interposta pelos bancos portugueses acerca da utilização do SII para pagar as indemnizações aos clientes do Banco Privado Português.


Deste modo, a Comissão Directiva do SII determinou que prossiga a execução dos actos e procedimentos com vista ao pagamento das indemnizações devidas aos clientes do BPP.

Vão assim prosseguir os procedimentos para que permitam a identificação dos titulares elegíveis de créditos a indemnizações do SII e o apuramento dos respectivos montantes”, sendo que posteriormente avança o “pagamento das indemnizações que vierem então a ser apuradas que será feito mediante o financiamento que foi pedido ao Fundo de Garantia de Depósitos”.

Diz a mesma fonte que “caso este financiamento [ao Fundo de Garantia de Depósitos] não possa ser executado, [será efectuado] mediante outro financiamento alternativo a contrair pelo SII”.

O processo com vista a efectuar o pagamento aos clientes do BPP estava parado depois de a Comissão Directiva do SII ter sido notificada da providência cautelar interposta pelos bancos portugueses acerca da sua utilização do SII para compensar os clientes do BPP.

Esta iniciativa jurídica dos principais bancos, com excepção da Caixa Geral de Depósitos, traduz-se na tentativa de impugnação não só da utilização do SII, mas também do Fundo Garantia de Depósitos e da execução do empréstimo deste ao SII.

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Courtney Love diz que é feia, mas competente na cama

10.05.10, Planeta Cultural

 

Sexo voltou a ser tema de mais uma declaração excêntrica da roqueira Courtney Love. Após a saia justa com o casal Gwen Stefani e Gavin Rossdale, ela afirmou que é boa de cama justamente porque é feia.

Segundo o jornal "Huffington Post", Courtney ressaltou que sempre precisou impressionar os homens em algum quesito, já que não se achava bonita.

"Sou melhor do que as outras porque nunca fui bela. Garotas bonitas mentem na cama. Por isso é que as bonitas nunca me ameaçaram", declarou.

Visite a fonte da informação clicando aqui

Cientistas estudam indiano que diz viver há 70 anos sem comida e água

10.05.10, Planeta Cultural

Médicos e cientistas na cidade indiana de Ahmedabad estão observando um homem que diz ter vivido sem comida e sem água ao longo dos últimos 70 anos. Prahlad Jani é um líder religioso da tradição Jainista. Ele está sendo observado por médicos, que afirmam que nas 108 horas que já se passaram, ele ainda não comeu nem bebeu nada.

 

Lei mais na BBC Brasil

Fundo reforçou aposta na queda do BCP na véspera das acções subirem 16%

10.05.10, Planeta Cultural
Venda a descoberto
 
Na sexta-feira a gestora de fundos Marshall Wace vendeu a descoberto acções do BCP representativas do capital do banco, tendo feito esta aposta na sessão anterior aos títulos terem disparado 16,69%.

De acordo com um comunicado do BCP, os fundos da Marshall Wace “em resultado da venda a descoberto, em 7 de Maio de 2010, de acções do Banco Comercial Português representativas de 0,081% do capital social, passaram a deter uma posição a descoberto relevante de 0,28% no capital social” do banco.

Deste modo, o reforço da aposta destes fundos na queda das acções do BCP foi efectuada na pior altura, uma vez que hoje os títulos fecharam em alta acentuada.

Na sexta-feira as acções fecharam a subir 0,81% para 0,623 euros e hoje avançaram 16,69% para 0,727 euros.