Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Doença rara faz menino de 11 anos envelhecer 5 vezes mais rápido

26.04.10, Planeta Cultural

Um menino de 11 anos que sofre de uma rara doença genética está envelhecendo a uma velocidade cinco vezes maior do que seus colegas de classe e sofre de artrite e outras condições relacionadas à velhice.

 

Harry Crowther, de West Yorkshire, na Inglaterra, sofre de progéria atípica, uma forma um pouco menos severa da progéria clássica conhecida como síndrome de Hutchinson-Guilford.

 

O menino é menor do que outros garotos da sua idade, não tem gordura corporal e suas feições faciais são semelhantes às de um paciente da síndrome clássica - sua expectativa de vida, porém, pode ser mais alta.

 

Leia mais na BBC Brasil

Mancha de algas que poderão ser tóxicas na Barragem do Caia

26.04.10, Planeta Cultural

Uma mancha de algas, que as autoridades suspeitam serem tóxicas, foi detectada hoje de manhã na Barragem do Caia, no concelho de Campo Maior, junto ao parque de campismo, disse à Agência Lusa fonte da GNR.

 

O município de Campo Maior emitiu já um aviso à população em que “interdita a prática da pesca e banhos” nas águas da barragem.

 

A mancha foi detetada hoje de manhã por elementos do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR de Elvas.

 

O delegado de Saúde de Campo Maior, Paula Campos, avançou à Agência Lusa a suspeita de se tratar de uma substância tóxica.

 

“Estamos em crer que se trata de uma cianobactéria. Uma alga tóxica que aparece em algumas barragens de água parada”, sublinhou.

 

“É uma mancha que está espalhada por praticamente toda a barragem, com particular incidência nas margens, com um cheiro a ranço, água vidrada e cor azul”, descreveu o delegado de Saúde.

 

Do local já foram retiradas amostras que foram encaminhadas para o Laboratório Nacional de Saúde Pública.

 

A Barragem do Caia, a maior no distrito de Portalegre, abastece os concelhos de Elvas, Campo Maior e Arronches.

 

Paula Campos afastou, contudo, qualquer cenário de alarmismo e impacto na saúde pública.

 

“É uma situação temporária e normal nas albufeiras com características como a do Caia, com água rica em nutrientes agrícolas e parada. Agora, devido às mudanças climáticas, nomeadamente o aumento de temperatura, as algas vieram à superfície”, explicou.

 

A autarquia de Campo Maior vai emitir um aviso às Câmaras de Elvas e Arronches, também abrangidas pelas águas da barragem.

 

 

Visite a fonte da informação aqui

Crédito de 500 milhões a Angola accionado para pagar às construtoras portuguesas

26.04.10, Planeta Cultural

A linha de crédito acordada em 2009 pelo governo português para Angola vai ser accionada em breve para o pagamento da dívida angolana às empresas portuguesas a operar no país, avançou hoje em Luanda o ministro das Finanças português.

Teixeira dos Santos disse à Agência Lusa, após uma reunião com o seu homólogo angolano, Carlos Alberto Lopes, que "ficou acertado que a linha de crédito de 500 milhões de euros, que já fora acordada em 2009, possa ser o mais rapidamente utilizada para efectuar pagamentos a empresas envolvidas em projectos angolanos e relativamente às quais possa haver atrasos nos pagamentos".

Ainda de acordo com Teixeira dos Santos, que iniciou hoje uma visita de trabalho a Angola que só foi divulgada em cima da hora, esta linha de crédito deverá servir para "uma rápida regularização de situações", criando "um quadro mais fácil" para a actividade das empresas portuguesas a operar em Angola.

Questionado pela Lusa sobre se estes 500 milhões de euros da linha de crédito portuguesa poderão servir para acudir às empresas de construção civil que se debatem com uma avultada dívida por parte do governo angolano, que no conjunto das empresas a operar no sector em Angola supera os 2, 5 mil milhões de dólares, Teixeira dos Santos respondeu que essa deverá ser a aplicação mais natural.

"Competirá às autoridades angolanas identificar as empresas que deverão prioritariamente ver essas regularizações feitas, mas tendo em conta as áreas onde maior actividade existe, não será de estranhar que essa [a área da construção civil] seja uma das áreas a ser contemplada", notou.

O ministro das Finanças apontou ainda como resultado da reunião com o seu homólogo angolano "o arranque dos trabalhos com vista à celebração de um convénio na área da dupla tributação entre Portugal e Angola".

Os dois responsáveis pela pasta das Finanças constataram ainda "o bom andamento do uso da linha de crédito de mil milhões de euros", no âmbito dos seguros Cosec, que está a ser aplicada e que tem, sublinhou, "atingido valores muito significativos".

"Estamos disponíveis para alargar o 'plafond' definido, manter o desenvolvimento das operações abrangidas por este mecanismo", disse, adiantando igualmente que, no que se refere ao chamado 'crédito de ajuda', que visa apoiar projectos específicos, como a construção de escolas, as partes querem "dar maior agilidade ao andamento dos projectos".

No domínio da cooperação técnica, nos impostos e tecnologias da informação e na dupla tributação, "a sermos bem sucedidos nestes trabalho", sublinhou Teixeira dos Santos, criar-se-á um quadro que "será muito importante quer para as empresas portuguesas quer angolanas, na sua relação e na sua intervenção, quer em Angola quer em Portugal, porque um quadro fiscal clarificado e transparente na base de um convénio desta natureza será essencial".

O ministro português tem ainda encontros com o responsável angolano da Economia, Manuel Nunes Junior.

 

Fonte: Jornal de Negócios

FC Barcelona: Piqué espera "esmagar" Inter

26.04.10, Planeta Cultural
O defesa do Barcelona Gerard Piqué mostrou-se, em conferência de imprensa, confiante na vitória frente ao Inter de Milão no jogo da próxima quarta-feira.

O jogador, natural de Barcelona, pediu o apoio máximo dos adeptos, esperando ver o “melhor Camp Nou da história” de modo a que os “jogadores do Inter entrem em campo odeiem a profissão de futebolista durante 90 minutos”.

Se os adeptos responderem a este apelo, Piqué tem a certeza que serão “invencíveis”. Apesar destas fortes declarações, Piqué sublinhou que apenas deseja que “o público anime o Barcelona e que haja zero de violência”.

Relativamente à dimensão deste jogo, Piqué considera-o o “mais importante da história recente do Barcelona” e sonha com a classificação: “Não é um milagre, já tive outros sonhos e concretizei-os.”

Quando questionado acerca da forte motivação que Mourinho exerce sobre os seus jogadores, o internacional espanhol desvaloriza, afirmando: “ Jogamos onze contra onze, e assim que o jogo começa Mourinho pouco pode fazer”.


Fonte: O Jogo