Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Papa João Paulo II vs Papa Bento XVI

02.04.10, Planeta Cultural

Pois è, a humanidade até parece que parou no tempo e deixou-se levar por sentimentos que, a mim me tem confundido e bastante..!

 

 

Todos sabemos o que o Santo Papa João Paulo II fez pela humanidade, já-mais o esqueceremos, no entanto, como a sua hora chegou ao fim, este, teve que ser substituído por outro, e, parece que ninguém queria nenhuma substituição...!

 

Assim pergunto:

 

Porquê tantos ataques ao actual ministro da Igreja Papa Bento XVI?

 

 

Qual a razão de tanto investir contra alguém que tem como uma das missões conduzir todos nós para o bom caminho?

 

Também pergunto, onde estão os seus verdadeiros amigos?

 

Será que o Papa Bento XVI também está abandonado como foi Jesus quando o sacrificaram?

 

Meditem sff{#emotions_dlg.online}

iPad: Empresas portuguesas preparam novas aplicações

02.04.10, Planeta Cultural

Empresas portuguesas como a Inovaworks, a NDrive ou a Portal Sapo vão aproveitar o lançamento do iPad da Apple, este sábado nos Estados Unidos, para disponibilizar versões das suas aplicações para dispositivos móveis, como jogos, programas de navegação ou uma banca de jornais virtual.

 

«Temos uma versão nova alargada do Dropoly [o primeiro jogo português para iPhone] para aquele ecrã de 1024x768 do iPad, que na prática permite gestos mais amplos e em que é mais fácil de jogar», explicou à Lusa o CEO da Inovaworks, Hugo Pinto.

 

«O iPad permite correr todas as aplicações que já existem para o iPhone, multiplicando-as. Onde há um ponto ele passa para dois, aumenta o tamanho mas não a qualidade. O que temos com o Dropoly para iPad é uma versão com a qualidade correspondente e mais conteúdo«, disse o mesmo responsável, acrescentando que a aplicação estará disponível na App Store na próxima semana.

 

 

Fonte: Diário Digital

André Villas-Boas: "Vão continuando com a palhaçada"

02.04.10, Planeta Cultural

Contundente, taxativo, (supostamente) inequívoco. Foi assim que André Villas-Boas, apontado - pretendido e com pré-acordo firmado com os leões, conforme O JOGO deu conta - como futuro treinador do Sporting, reagiu ante uma inusitada concorrida conferência de Imprensa de antevisão ao jogo entre a Académica e o Leiria.

 

"Não tenho de comentar nada", começou por refutar Villas-Boas, ao desafio lançado para comentar as notícias que apontam Alvalade como destino já em 2010/11. "Já saiu um comunicado sobre isso [n.d.r. a 14 de Novembro, quando foi gorada a contratação do técnico da Briosa para suceder a Paulo Bento]. Vão continuando a alimentar esta palhaçada. Vejo com gozo toda esta presença, sei quem vem cá de semana a semana, os outros só estão aqui para alimentar a palhaçada. Nem quero entrar em diálogo. Falo em gozo, mas na verdade olhamos com tristeza para tudo isto, porque é um jogo importante para nós", aludiu, em relação à recepção ao Leiria. "Mau era se o grupo não passasse ao lado de uma situação destas. Haverá sempre saídas e possíveis interesses. O grupo tem de se manter à margem."

 

 

Fonte: O Jogo

Ténis: Miami - Clijsters bate Henin e disputa final com Venus Williams

02.04.10, Planeta Cultural
A tenista belga Kim Clijsters vai defrontar a norte-americana Vénus Williams na final de sábado do Masters 1000 de Miami, na Florida, depois de na quinta-feira ter derrotado a sua compatriota Justine Henin.

As duas tenistas belgas, regressadas recentemente ao circuito internacional, estão cada vez mais próximas do topo mundial, tendo Clijsters, 14.ª jogadora do torneio, igualado, com este triunfo, o número de vitórias entre ambas (12-12), ao bater Henin por 6-2, 6-7 (3-7) e 7-6 (8-6).

Caso vença a final de domingo, Clijsters entrará no top-10 mundial, diante de uma Vénus Williams, terceira cabeça de série, que para aceder ao encontro decisivo afastou nas meias finais a francesa Marion Bartoli, 13.ª pré-designada, por 6-3 e 6-4.

Fonte: O Jogo

Em missa, papa condena o aborto, mas não cita acusações de pedofilia no clero

02.04.10, Planeta Cultural

Bento XVI iniciou as celebrações da Páscoa no Vaticano. Ele disse que aborto legalizado é ‘injustiça elevada ao grau de direito’.

 

O Papa Bento XVI deu início nesta quinta-feira (1º) às celebrações da Páscoa com uma condenação do aborto, mas sem abordar os escândalos de pedofilia na Igreja Católica que abalam vários países europeus, sobretudo a Alemanha, país natal do pontífice, assim como os Estados Unidos.

Durante uma misa na qual foram abençoados os óleos sagrados utilizados durante todo o ano, dedicada em particular à missão dos padres, o papa voltou a condenar o aborto.

 

“É importante para os cristãos não aceitar uma injustiça elevada ao grau de direito, por exemplo quando se trata do assassinato de crianças inocentes que ainda não nasceram”, declarou na homilia.

 

“Os cristãos, como bons cidadãos, respeitam o direito e fazem o que é justo e bom, mas se negam a fazer o que, nas disposições jurídicas em vigor, não é um direito, e sim uma injustiça”, destacou Bento XVI.

 

A nova condenação do papa ao aborto coincide na Itália com a chegada aos hospitais do país dos primeiros lotes da pílula abortiva RU486, que teve a comercialização autorizada em dezembro após um longo debate no Parlamento.

 

O novo presidente da região de Piamonte, Roberto Cota, um político de direita eleito na segunda-feira, aumentou a polêmica ao afirmar que é a favor da defesa da vida e que a pílula deve ficar nos estoques, sem distribuição em sua região.

 

Bento XVI pediu ainda aos cristãos que sejam pessoas de paz.

 

“Como sacerdotes, devemos ser homens de paz, devemos nos opor à violência e ter confiança no poder maior do amor”, afirmou.

 

 

Visite a fonte da informação aqui