Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

David Beckham filma cena gay na banheira

22.03.10, Planeta Cultural

David Beckham, internacional jogador de futebol inglês, além de ser um jogador de inegável valor, também lhe são reconhecidos os dotes de excelente actor, pois aceitou filmar uma cena romântica juntamente com o conhecido comediante James Corden. Os dois, interpretam um casal gay em cenas românticas num "sketch" destinado a uma campanha de solidariedade.

 

Editorial: O caso exemplar do PSD

22.03.10, Planeta Cultural

Ao PSD não parece interessar o facto de o País estar no meio de uma enorme crise económica, com a perspectiva até de mais quatro anos de parco crescimento e sem expectativas de qualquer alteração estrutural. Nem parecem interessar, também, os alertas de instabilidade política séria. Ou sequer os conselhos de quem, no passado, já comandou o partido, como os que foram deixados no congresso de Mafra por Marcelo Rebelo de Sousa ou Marques Mendes. Este fim-de-semana, os candidatos que lutam pela liderança social-democrata deram uma vez mais uma triste imagem do partido que representam a quem segue com os caminhos que vai seguir depois das directas.

 

O mote foi, agora, o caso das assinaturas de Aguiar-Branco. O candidato viu devolvida boa parte das que entregou na sede do partido para oficializar a candidatura. E teve de partir em busca de umas novas centenas para poder apresentar-se na corrida. Foi o suficiente para uma maré de intrigas. Ao invés de deixar o candidato resolver o caso, sucederam-se as acusações recíprocas entre as candidaturas. Se eram necessárias provas de desunião, elas aí estão.

 

Não pode dizer-se - e ainda bem - que o caso seja definitivo. O líder eleito terá a oportunidade iniciar e concretizar um processo de pacificação. Mas os casos desta campanha e os do congresso - desde a cena do perdão de Passos Coelho a Alberto João Jardim à polémica sobre a lei da rolha -, só por si, já deram mote a José Sócrates para apontar o dedo ao PSD, acusando-o de instabilidade crónica. É um mau ponto de partida para o novo líder. E um mau sinal para o partido e o País.

 

 Na ETA não se confia

 

O jornal basco Gara foi mais uma vez escolhido pela ETA para enviar uma mensagem a Espanha. Desta vez, a organização independentista admite estar disposta a fazer os avanços necessários no caminho de uma mudança política, mas não se compromete com uma trégua, muito menos a desistir da luta armada. Ou seja, é necessária cautela com a interpretação deste comunicado etarra, mesmo que o texto evidencie um debate que se sabe estar a acontecer entre as bases que até agora têm apoiado a via terrorista da organização.

 

Criada há meio século, a ETA nunca soube adaptar-se à democratização da sociedade espanhola. Os atropelos à identidade cultural basca, regra na era franquista, desapareceram por completo com a nova Constituição e o regime de autonomias que não tem par na Europa. Tirando a defesa e os negócios estrangeiros, o País Basco autogoverna-se sem dar contas a Madrid e é, aliás, uma das regiões mais prósperas de Espanha. Os partidos nacionalistas têm estado no Governo quase em permanência, o que agora não acontece devido a uma aliança entre o PSOE e o PP, que mostra a força do eleitorado espanholista na região e explica por que razão uma independência parece completamente fora de hipótese por muitas mortes que a ETA faça. E são já mais oito centenas, na sua maioria polícias e militares, mas também políticos e ocasionalmente outros civis vítimas fortuitas. Acossada policialmente no País Basco, no seu antigo santuário em França e agora também em Portugal, a ETA tem vindo a perder força, mesmo que continue a ser capaz de matar (há dias um etarra abateu um polícia francês).

 

 A ETA não é de confiança. Se um dia voltar a negociar, será porque está fraca. E, por isso, as autoridades espanholas não devem deixar de a perseguir. Quando o terror não existir, o País Basco poderá então viver em paz e debater com ampla liberdade qual deve ser o seu futuro.

 

 

Visite a Fonte da informação aqui

Slimmy apresenta segundo álbum no Porto

22.03.10, Planeta Cultural

O segundo álbum de originais de Slimmy, "Be Someone Else", vai ser pré-apresentado sexta feira no Shopping Cidade do Porto, num concerto com entrada livre, anunciou hoje o agente do músico.

 

O novo álbum, com edição marcada para maio, foi gravado nos Estúdios da Aguda, Portugal, e nos Wrong Planet Studios, Reino Unido, com produção de Quico Serrano e Mark Turner.

 

Além de Slimmy (voz e guitarra) e Paulo Garim (baixo), a banda conta agora com um novo baterista, Tó-Zé, e irá apresentar-se em palco com dois músicos convidados, Gustavo Silva (programadores/teclas) e Daniel Santos (guitarra).

 

 

Fonte: Diário de Notícias

Pulsazione quer entrar em Portugal

22.03.10, Planeta Cultural

 

A Pulsazione, cadeia espanhola de centros de estética e fotodepilação, está determinada em prosseguir a sua expansão internacional e Portugal está no seu mapa de objectivos.

Segundo o “Mundo Franquicia”, a marca quer estender a sua presença na Europa. Depois da Bélgica e Holanda, está para breve a abertura de um centro na cidade francesa de Lyon.

A empresa está também a tratar de conseguir alianças para se implementar em Portugal, refere a mesma fonte.

A Pulsazione, em cuja rota estão países como a Índia, Canadá, Argentina, Colômbia, Brazil e México, caracteriza-se pelos seus preços “low cost”. E garante que é o mais baixo que se encontra no mercado. Seja qual for a zona a depilar, o preço é sempre de 25 euros por sessão.

Os seus aparelhos de luz pulsada intensa são fabricados exclusivamente para os centros Pulsazione, refere o “Mundo Franquicia”, salientando que o canal de franchisings desta marca em Espanha conta com mais de 50 centros.

 

Fonte: Jornal de Negócios

Izmailov está na Academia mas não treinou

22.03.10, Planeta Cultural
O médio russo Marat Izmailov está na Academia do Sporting, em Alcochete, mas surge na ficha de treino como "inapto".

Izmailov, que chegou à Academia cerca das 14.15 horas, é dado como "inapto" na ficha de aptidão diária para o treino, com a indicação de que está a efectuar trabalho condicionado de ginásio.

A ficha não dá pormenores sobre o trabalho de recuperação que o médio estará a realizar, ao contrário do que sucede com as indicações sobre os defesas Pedro Silva e Caneira.

No sábado, o director para o futebol do Sporting, Costinha, afirmou desconhecer o paradeiro do jogador russo, garantindo que o internacional russo não atendia o telefone há dois dias.

Costinha está a assistir ao treino da equipa de futebol, que começou às 15.30 horas, tendo trocado algumas palavras com o treinador Carlos Carvalhal.


Fonte: Jornal de Notícias