Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

A proposta de decisão da Anacom prejudica Portugal e inibe a inovação e o investimento no sector

21.01.10, Planeta Cultural

A TMN considera totalmente incompreensível e lesiva a proposta de decisão da Anacom sobre a descida dos preços das terminações móveis (preço pago pelos operadores por terminarem as suas chamadas na rede móvel de outro operador). A Anacom defende uma descida de 46% em apenas 14 meses, tornando o caso português numa das descidas mais agressivas a nível europeu. Os termos da proposta de decisão evidenciam um total alheamento da Anacom relativamente à actual conjuntura económica e ao esforço de investimento que tem sido feito pela TMN, essencial para a dinamização do sector e da economia nacional. O sector móvel português é um caso de sucesso e de excelência de investimento e inovação, sendo um dos mercados mais desenvolvidos no UMTS, ocupando o 3º lugar dos países europeus com maior taxa de penetração de banda larga móvel.

 

Portugal investiu no sector das telecomunicações em contra-ciclo com a generalidade dos países europeus numa economia desafiante. Esta proposta de decisão da Anacom põe seriamente em risco o investimento nas redes de nova geração móveis, designadamente a adopção da tecnologia LTE. Acresce que, considerando o peso do custo de espectro no ARPU (receita média por cliente), Portugal continua a ser um dos países europeus com custos de espectro mais elevados, algo que a Anacom não tem ajustado pelos mesmos critérios de benchmark europeu.

 

O dinamismo do mercado móvel português foi criado com base na aposta dos operadores em inovação e qualidade. A destruição da capacidade de investimento dos operadores na presente conjuntura económica não pode nunca beneficiar o consumidor. Portugal tem actualmente dos preços de voz mais baixos a nível europeu, sendo os preços das chamadas móveis inferiores em mais de 14% relativamente à média europeia. A proposta da Anacom ignora a realidade do sector e deteriora seriamente a capacidade de investimento dos operadores, a inovação e o desenvolvimento de serviços no sector móvel.

Acresce que, sendo Portugal um país que apresenta um desequilíbrio entre o tráfego internacional de saída e o de entrada, a presente proposta de decisão prejudica a Balança de Transacções Correntes Portuguesa. Tal contribui para piorar a percepção de risco do país e do sector de telecomunicações em Portugal, dificultando ainda mais o acesso ao crédito em prejuízo do investimento de que o País tão necessita para o relançamento da economia.

 

A TMN considera que estar no pelotão da frente dos reguladores mais agressivos nas descidas dos preços das terminações móveis não configura uma vantagem que compense os danos que a presente proposta de decisão pode causar ao País, aos consumidores e aos operadores móveis e faz notar que os reguladores de países como a Espanha, a Alemanha, a Irlanda, a Itália e a Grécia, optaram por descidas muito mais ponderadas, procurando alcançar um equilíbrio desejável entre a descida das terminações e o respectivo impacto, garantindo assim a sustentabilidade do modelo de negócio das empresas.

Neste projecto de decisão, a Anacom pretende adicionalmente que os novos preços se apliquem de forma retroactiva o que, para além de não apresentar qualquer benefício para os consumidores, é, no entendimento da PT, ilegal.

 

A PT acredita que o regulador nacional terá em conta os argumentos que serão apresentados nesta consulta pública e irá rever substancialmente a sua proposta de decisão, quer ao nível dos valores quer do período de ajuste, procurando encontrar o equilíbrio certo entre as recomendações comunitárias e o interesse do sector em Portugal, que necessita de apostar fortemente na inovação para que o País possa criar uma vantagem competitiva estrutural para atrair mais investimento e promover a criação de emprego.

 

Fonte: PT

 

Número de homens em igrejas cristãs aumenta, diz pesquisa

21.01.10, Planeta Cultural

As principais igrejas do Brasil, tanto a católica como as neopentecostais (designação de algumas congregações evangélicas), estão registrando cada vez mais a presença de homens em suas celebrações. O aumento na procura masculina só cresce nos últimos dez anos. A informação consta no mais recente estudo sobre o tema realizado pelo Nures (Núcleo de Religião e Sociedade) da Pós-Graduação da Faculdade de Ciências Sociais da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo.

 

Hoje, o Dia Mundial da Religião é celebrado por pessoas de todos os credos.

Integrante do núcleo, a antropóloga Eliane Gouveia explica que, no caso das igrejas neopentecostais – que segundo o último senso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) são as que mais crescem – o que mais atrai os fiéis é a promessa de que com o encontro religioso se segue o sucesso financeiro e profissional. “As (igrejas) neopentecostais oferecem um modelo de vida associado ao aceno da prosperidade econômica”, diz a antropóloga.

 

Ela explica que, segundo o levantamento, há mais de dez anos, os homens vistos nas liturgias eram poucos e frequentavam as igrejas apenas aos fins de semana.

O técnico em mecatrônica Álvaro Henrique Lazzarini, 26 anos, chegou ao culto das 19h de ontem na Igreja Internacional da Graça de Deus da Rua Luís Pinto Flaquer, no Centro de Santo André. Ele conta que, há dois anos, desde que curou uma grave úlcera, vai a igreja quatro vezes por semana.

 

Frequentador da mesma igreja há seis anos, o coletor de lixo José Hilton Anastácio de Souza, 29, diz que o importante é louvar a Jesus, não importa em que casa. Ele conta que, segundo sua possibilidade, vai à igreja pelo menos três vezes por semana, no Centro, ou na Assembleia de Deus do bairro Capuava, onde vive com a família.

 

Fonte: O Verbo

Papa: tradicional benção dos cordeiros na festa de Santa Inês

21.01.10, Planeta Cultural

No fim da manhã desta quinta-feira, Bento XVI abençoou dois cordeirinhos, na Capela Urbano VIII, no Vaticano. A benção é realizada anualmente por ocasião da memória litúrgica de Santa Inês, que, em Roma, é especialmente recordada na tradicional basílica homônima localizada na Via Nomentana.

 

A lã dos cordeiros abençoados será utilizada, como dita uma antiga tradição, para confeccionar os "pálios" dos novos arcebispos metropolitas.

 

O pálio é um indumento litúrgico que compõe as insígnias do Metropolita, sendo usado, portanto somente pelo pontífice e pelos arcebispos de dioceses que reúnem ao seu redor uma província eclesiástica. Este indumento tem a forma de uma faixa de lã branca sobre as quais são aplicadas seis cruzes de seda preta.


O rito de imposição do pálio aos arcebispos metropolitas é realizado pelo Santo Padre todos os anos no dia 29 de junho, solenidade de São Pedro e São Paulo, como sinal de unidade entre o pontífice e os pastores nas diferentes arquidioceses espalhadas pelo mundo.
 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Sondagem Presidenciais 2011: Cavaco com vantagem superior a 20 pontos sobre Alegre

21.01.10, Planeta Cultural

 O actual Presidente da República seria reeleito para o cargo à primeira volta se as eleições agendadas para 2011 se realizassem no próximo domingo, de acordo com uma sondagem da Aximage para o Negócios e o "Correio da Manhã".

O estudo dá 60,3% dos votos a Cavaco Silva, enquanto Manuel Alegre, o único concorrente assumido até agora, recolheria 39,7% das preferências dos eleitores. Os resultados foram apurados depois de descontada uma previsão de 39,6% para a abstenção.

Enquanto Cavaco Silva recolhe 88,7% das preferências entre os eleitores do PSD, Manuel Alegre enfrenta a divisão dos eleitores do seu próprio partido. No universo de votantes socialistas, 46% colocariam a cruz à frente do nome do ex-deputado, enquanto 37,8% apostariam no actual Presidente da República para cumprir mais um mandato na chefia do Estado.

Manuel Alegre tem no Bloco de Esquerda o mais sólido apoio às suas pretensões, já que 81,9% dos inquiridos que se afirmaram votantes no partido liderado por Francisco Louçã dizem que votariam no antigo deputado do PS.

Cavaco Silva recolhe mais apoios entre os eleitores com idade superior a 30 anos, enquanto Manuel Alegre é preferido na faixa etária que se situa entre os 18 e os 29 anos. Entre os eleitores do sexo masculino, existe uma divisão em duas metades quase iguais: 30,9% manifestaram a intenção de votar no miltante socialista e 29,5% preferem Cavaco. No eleitorado feminino, o actual Presidente ganha com larga vantagem: 42,7% das mulheres votariam em Cavaco e 17,7% escolheriam Alegre.
 

 

Fonte: Jornal de Negócios

Casamento gay: PS admite "alterações na redacção" do artigo sobre adopção

21.01.10, Planeta Cultural

Francisco Assis sublinhou hoje, quinta-feira, estar "convencido da constitucionalidade" da lei que autoriza o casamento entre pessoas do mesmo sexo, admitindo contudo "pequenas alterações na redacção" da proposta aprovada no Parlamento, desde que "não ponham em causa o essencial".

 

"A lei foi aprovada com clara maioria no Parlamento, estamos convencidos da constitucionalidade dessa mesma lei, não temos a levantar nenhum problema nesse domínio, qualquer pequeno aperfeiçoamento de carácter jurídico a ocorrer decorrerá no debate que ali se está a realizar, nunca pondo em causa os princípios fundamentais da lei que foi aprovada", afirmou o líder parlamentar do PS.

 

Francisco Assis respondia aos jornalistas no final de uma reunião da bancada socialista, depois de confrontado com as palavras do procurador-geral da República (PGR) e do Conselho Superior de Magistratura (CSM) sobre o diploma sobre o casamento homossexual.

 

Pinto Monteiro e o vice-presidente do CSM, juiz-conselheiro Ferreira Girão, que foram recebidos na quarta-feira no Parlamento para darem a sua opinião técnica sobre o diploma, manifestaram reservas em relação à redacção do artigo que diz respeito à adopção

Para o PGR, o artigo 3.º "está redigido de forma pouco clara, podendo dar origem a equívocos".

 

No final da reunião do grupo parlamentar socialista, Francisco Assis vincou que "o que foi aprovado foi uma coisa muito clara, o casamento sem adopção" e que as "pequenas alterações na redacção" não poderão pôr isso em causa.

 

Rejeitando comentar directamente as posições do PGR e do CSM, Assis reiterou que os socialistas tão "convencidos que a lei aprovada não enferma de nenhum tipo de inconstitucionalidade".

 

"É nessa base que estamos a trabalhar", afirmou.

 

Fonte: Jornal de Notícias

Menino de 9 anos é engenheiro de sistemas

21.01.10, Planeta Cultural

Marko Calasan é, provavelmente, o mais jovem informático a receber o Certificado de Engenharia de Sistemas da Microsoft.

 

Aos seis, Marko, natural da Macedónia, garantiu a primeira credencial da Microsoft e agora obteve o certificado que o permite exercer a actividade como engenheiro.

 

A criança é já um administrador de sistemas a construir uma carreira de sucesso. Gere, remotamente, um sistema de redes para uma organização sem fins lucrativos, para além de ensinar a outras crianças, com idades compreendidas entre os 8 e 11 anos, os princípios básicos da informática, numa escola da Macedónia.

 

Os projectos de Marko incluem melhorar, através do desenvolvimento de uma nova infraestrutura de transmissão, o sinal das televisões de alta definição. O jovem informático pretende fazer a demonstração desta tecnologia na edição deste ano da feira de telecomunicações e software CeBIT, a realizar em Hannover.

 

O menino prodígio não gosta de perder tempo com videojogos porque, diz, “não há nada de sério em jogar no computador”, mas dedica tempo à sua segunda maior paixão, jogar futebol, demonstrando que, apesar do sucesso na informática, não deixa de ser apenas uma criança.

 

 

 

 

Visite a fonte da informação aqui

Andebol - Supertaça: FC Porto vence ABC (27-22)

21.01.10, Planeta Cultural
O FC Porto venceu hoje o ABC por 27-22, no encontro da primeira jornada do Grupo B da Supertaça de andebol masculino, a decorrer entre hoje e domingo no Pavilhão Arena, em Portimão.

A superioridade do campeão nacional e líder do campeonato, que aos cinco minutos vencia por 4-1, foi evidente ao longo de todo o encontro, apresentando grande disciplina táctica nos vários sectores, e com a prestação do guarda-redes Hugo Laurentino - a figura do jogo - com 22 defesas efectuadas.

Depois dos minutos iniciais demolidores, os “azuis-e-brancos” abrandaram o ritmo, permitindo que o ABC reduzisse a desvantagem, mas mantendo sempre a liderança no marcador, que ao intervalo registava 14-11.

No segundo período, o FC Porto manteve a sua consistência defensiva e ofensiva, obrigando o ABC a remates de segunda linha, a maioria dos quais parados por Hugo Laurentino.

Aos seis minutos do segundo período, os campeões nacionais alcançaram a maior diferença no marcador, com seis golos de vantagem (19-13), e até final foram gerindo a marcha do marcador, diante do segundo classificado do campeonato.

A vitória coloca o FC Porto na liderança do Grupo B, que precisa apenas de vencer o Xico Andebol - equipa com a qual averbou uma das derrotas no campeonato - para garantir a presença, domingo, na final da prova.

O Grupo A é liderado pelo Belenenses, que hoje bateu o Benfica, por 29-27, no encontro que abriu a edição de 2010 da Supertaça.

A segunda jornada da competição decorre sexta-feira, com os jogos FC Porto-Xico Andebol (Grupo B), às 15:00, e Madeira SAD-Benfica (Grupo A), às 17:00.

Jogo no Pavilhão Arena, em Portimão.

ABC-FC Porto, 22-27.

Ao intervalo: 11-14.

Sob arbitragem de Roberto Martins e Daniel Martins, as equipas alinharam e marcaram:

- ABC (22): Hugo Figueira, Fábio Antunes (1), Tiago Pereira (5), Jaime Barreiros (2), Levko Naumovsky (3), Miguel Sarmento, Mário Peixoto (2), Carlos Matos (4), Hugo Rosário, Jovan Stankov (1), Luís Bogas (1), Eduardo Ferreira (2) e Eduardo Gaifém (1).

- FC Porto: Dragan Jerkovic, Hugo Laurentino, Nuno Grilo, Gilberto Duarte, Sérgio Martins, Filipe Mota (2), Filipe Martins (1), Pedro Spínola (1), Tiago Rocha (8), Dário Andrade (1), Ricardo Moreira (5), Wilson Davyes (6) e Inácio Carmo (3).

Marcha do marcador: 1-4 (05 minutos), 2-5 (10), 4-7 (15), 6-10 (20), 9-12 (25), 11-14 (intervalo), 13-16 (35), 15-19 (40), 17-21 (45), 20-23 (50), 21-25 (55) e 22-27 (final).


Visite a fonte da informação aqui

Futsal - Europeu: Azerbaijão, Ucrânia e Itália nos "quartos"

21.01.10, Planeta Cultural
O Azerbaijão, a Ucrânia e a Itália, que não jogou, tornaram-se esta quinta-feira nas primeiras selecções a garantirem a presença nos quartos-de-final do Euro2010 de futsal, que se está a disputar na Hungria.

Depois de ter vencido a anfitriã Hungria na primeira jornada, por 3-1, o Azerbaijão goleou hoje a República Checa, por 6-1.

Biro Jade (03 e 38 minutos), Borisov (08 e 29), Serjão (11) e Thiago (24) marcaram os golos dos azeris, enquanto Resetar fez o único tento dos checos.

O Azerbaijão, que folga na última ronda, já garantiu o primeiro lugar do Grupo A, enquanto Hungria e República Checa disputam sábado o segundo lugar e o apuramento.

No Grupo B, a Ucrânia venceu a Bélgica, por 4-2, e também garantiu a presença na segunda fase, tal como a Itália, que, na primeira ronda, tinha vencido os belgas.

Neste momento, a Itália e a Ucrânia estão empatados no topo do Grupo B, com vantagem nos golos marcados para os transalpinos, e, já apurados, disputam a vitória na "poule", sendo que o vencedor jogará com o segundo classificado do Grupo A.

A Ucrânia adiantou-se no marcador por Zamyatin (11) e Ovsyannikov (16), com Lysenko a marcar na própria baliza aos 18 minutos, reduzindo a vantagem da sua equipa.

Mas Legchanov (20 minutos), na marcação de um livre directo, e Pavlenko (35) "mataram" o jogo, apesar de Bachar ter reduzido 37 segundos do final.

Na sexta-feira, a selecção portuguesa estreia-se na prova e pode também garantir a presença na próxima fase, caso derrote a Bielorrússia, que já foi goleada pela Espanha (9-1).


Visite a fonte da informação aqui