Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Novo álbum dos Mão Morta em Abril

05.01.10, Planeta Cultural

Os Mão Morta preparam-se para lançar um novo álbum de originais no mês de Abril para assinalar o 25.º aniversário da banda, avançou o sítio 'Cotonete'. Este disco, que foi gravado em estúdios no Porto e em Braga, será distribuído pela editora internacional Universal.

 

Esta não é a primeira vez que o grupo liderado por Adolfo Luxúria Canibal trabalha com uma editora de renome, visto que o colectivo teve dois álbuns editados pela BMG no passado ('Vénus em Chamas' de 1994 e 'Mão Morta revisitada' de 1995).

O quinteto bracarense irá ser a primeira banda portuguesa a ter uma aplicação no iPod e iPhone, que permite aos fãs realizarem um 'remix' das suas canções favoritas.

Os Mão Morta contam com uma carreira com mais de 20 anos, tendo sobrevivido no panorama musical português como uma banda de culto.

 

 

Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui

Morreu herdeira da Johnson & Johnson

05.01.10, Planeta Cultural

A herdeira da conhecida marca farmacêutica Johnson & Johnson, Casey Johnson, faleceu ontem de manhã, segunda-feira, aos 30 anos de idade.

 

Morreu herdeira da Johnson & Johnson
 

 

As investigações perliminares apontam para que esta tenha sido uma morte por causas naturais, adianta a CNN. Seguir-se-á um exame de toxicologia que determinará o que de facto terá provocado a morte da herdeira.

 

Casey tornou-se num alvo mediático não só por ser a herdeira de uma das mais rentáveis marcas farmacêuticas mas também pelo noivado homossexual com Tila Tequila, a estrela do "reality show" da MTV, "Shot at Love".

 

Foi, aliás, Tila Tequila quem anunciou publicamente a morte da namorada, através do Twitter, a qual foi posteriormente confirmada pela polícia de Los Angeles. Casey deixa a filha que havia adoptado, Ava.

 

Fonte: Jornal de Notícias

Vendas da Ford aumentam 33% e mostram recuperação do sector

05.01.10, Planeta Cultural

A Ford Motor, segunda maior fabricante automóvel dos Estados Unidos, registou um aumento de 33% das vendas domésticas em Dezembro, numa altura em que a indústria deu sinais de estabilização depois do pior ano em quase três décadas.

As entregas da Ford, onde se inclui a marca Volvo, aumentaram para 184.655 unidades, contra 139.067 um ano antes, anunciou hoje a empresa em comunicado citado pela Bloomberg. Quanto ao Chrysler Group, anunciou que as suas vendas caíram 3,7%. Ambos os resultados excederam as estimativas dos analistas.

“As pessoas estão a despertar, a perceber que o mundo não acabou e a recomeçar a ir aos salões automóveis”, comentou à Bloomberg um estratega da IHS Global Insight, Aaron Bragman. “Ainda é cedo para dizer que a tendência é de subida, mas se se mantiver neste trimestre, é um sinal positivo”, acrescentou.

Se tiver havido um aumento das vendas em todo o sector no mês de Dezembro, isso constituirá a primeira melhoria trimestral desde os últimos três meses de 2006, depois de Outubro e Novembro do ano passado terem ficado pouco inalterados.

A recessão e os processos de falência da General Motors e da Chrysler, a fim de se reestruturarem as empresas, penalizaram fortemente as vendas em 2009, salienta a mesma fonte.
 

Visite a fonte da informação aqui