Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Rússia: Descarrilamento de comboio provocou 22 mortos e 55 feridos

27.11.09, Planeta Cultural
O descarrilamento de um comboio de passageiros, esta sexta-feira, entre Moscovo e São Petersburgo, causou dez mortos e 55 feridos, avançou a agência noticiosa russa, IFAX, que citando fontes de segurança admite a possibilidade de um atentado terrorista.
 

O descarrilamento de um comboio de passageiros na Rússia, que provocou 22 mortos e 55 feridos, pode ter sido provocado por um atentado terrorista.

A informação está a ser avançada pela agência russa independente, IFAX, que cita fontes de segurança.
  

Fonte: TSF

Dez em prisão preventiva por tráfico de droga

27.11.09, Planeta Cultural

O Tribunal de Santo Tirso aplicou a prisão preventiva a 10 dos 15 detidos na megaoperação contra o tráfico de droga.

 

A operação foi desencadeada pela GNR, esta semana, na região do Vale do Ave. As diligências foram dadas como concluídas hoje, sexta-feira à noite, após a audição dos seis últimos suspeitos.

O juiz de instrução criminal determinou, ainda, a mais dois detidos, a obrigatoriedade de apresentações periódicas às autoridades. Outros três indivíduos, também constituídos arguidos no processo, permanecem em liberdade, mas estão notificados para comparecer futuramente em tribunal.

A operação, a cargo do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Santo Tirso, desmantelou um importante circuito de tráfico em vários concelhos do Vale do Ave e culminou na apreensão de heroína e cocaína suficientes para quase 6500 doses, entre muito outro material ligado à actividade.

 

Fonte: Jornal de Notícias

BES investe 37,8 milhões na compra de 40% de banco libanês

27.11.09, Planeta Cultural

O Banco Espírito Santo anunciou hoje que comprou 40% do capital do Aman Bank, tendo ainda acordado realizar um aumento de capital deste banco sedeado na Líbia, numa operação que representa um investimento total de 37,8 milhões de euros para a instituição liderada por Ricardo Salgado.

Em comunicado o BES adianta que a aquisição do Aman Bank for Commerce and Investment Stock Company inclui a compra de uma posição de 40% do banco, num investimento de 23 milhões de euros, bem como a subscrição de um aumento de capital na mesma proporção, o que eleva o investimento total para 37,8 milhões de euros.

Esta aquisição, explica o banco na mesma fonte, tem como objectivo “potenciar o acesso aos mercados da região do Norte de África, e da Líbia em particular, bem como permitir um apoio efectivo aos clientes do BES, que crescentemente desenvolvem actividade comercial” neste mercado.

Apesar de ficar apenas com 40% do capital, o BES será o responsável pela gestão do banco e irá nomear a maioria dos administradores.

A conclusão da operação está dependente do resultado de uma auditoria externa ao Aman Bank, à aprovação por parte dos reguladores, bem como do Conselho de Administração do BES.

Fonte: Jornal de Negócios

Mutação do H1N1 mata duas pessoas em França

27.11.09, Planeta Cultural

Dois pacientes portadores de uma mutação do vírus H1N1 morreram em França, anunciou o Instituto de Vigilância Sanitária.

 

"Trata-se de uma mutação recentemente assinalada na Noruega", que pode "aumentar a capacidade do vírus de atingir as vias respiratórias baixas e, nomeadamente, atacar o tecido pulmonar", diz o Instituto de Vigilância Sanitária (InVS).

De acordo com o InVS, esta mutação "não afecta a eficácia das vacinas" actualmente ministradas.

 

Os pacientes não tinham qualquer relação conhecida. Morreram em cidades diferentes, acrescenta o InVS. Num dos pacientes, escreve a edição online do jornal "Le Monde", foi detectada "uma outra mutação" que confere ao vírus do H1N1 "resistência ao oseltamivir [o Tamiflu].

 

Esta resistência ao Tamiflu tinha, também, sido detectada em partes do Reino Unido. Médicos do País de Gales estão a investigar uma série de casos em que o vírus da gripe A terá resistido ao Tamiflu, antiviral usado no combate à doença.  

 

A descoberta foi feita no Hospital Universitário de Gales, em Cardiff, onde se registaram vários casos de contaminação com gripe A e todos com aparente resistência ao Tamiflu.

 

A Organização Mundial de Saúde acredita que a vacina actual contra o H1N1 é eficiente contra esta mutação, que se chama 222. A mutação já foi encontrada em vários países, mas para já, diz a OMS, não é possível avaliar o seu impacto na saúde mundial.

 

Visite aqui a fonte da informação

Administrador Rui Cartaxo substitui Penedos na REN

27.11.09, Planeta Cultural

Rui Manuel Janes Cartaxo, administrador financeiro da Redes Energéticas Nacionais, foi o escolhido para substituir José Penedos como presidente do Conselho de Administrador da empresa. A empresa espera agora desenvolver a sua actividade “com toda a tranquilidade”.

Em comunicado, a REN afirma que esta decisão foi tomada hoje em reunião extraordinária do Conselho de Administração, depois do juiz de instrução criminal de Aveiro ter decido suspender José Penedos como presidente da REN, na sequência da imposição das medidas de coacção aplicadas ao arguido do processo “Face Oculta”.

A escolha recaiu em Rui Cartaxo, que actualmente desempenha as funções de administrador financeiro da REN. Cartaxo foi designado presidente do Conselho de Administração e também da comissão executiva da REN.
Cartaxo substituirá Penedos apenas até à próxima assembleia geral, sendo que o Conselho de Administração decidiu também efectuar desde “já as iniciativas conducentes à convocação da próxima Assembleia Geral, que incluirá a eleição dos corpos sociais para o próximo triénio, a realizar até ao final do primeiro trimestre de 2010”.

No comunicado onde anuncia esta decisão, a administração da REN adianta também que “solução adoptada cria todas as condições para que, num ambiente de total tranquilidade, a empresa se mantenha focada no seu plano de actividades, fundamental para o desenvolvimento da estratégia nacional para a energia”.

Rui Cartaxo tem 57 anos e foi eleito pela primeira vez administrador da REN em 2007. Antes, entre 2002 e 2006, foi administrador executivo da Galp Energia e desde 1997 administrador de várias empresas da Galp.

Na fase inicial da sua carreira profissional foi economista no Banco de Portugal, director-geral no Ministério das Finanças, e consultor no departamento de research da OCDE (em Paris), de acordo com o curriculum publicado no site da REN.
 

Fonte: Jornal de Negócios