Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Vacina contra a SIDA reduz risco de infecção

24.09.09, Planeta Cultural

Pela primeira vez, uma vacina contra a sida conseguiu passar com sucesso por um teste importante com humanos. Testada na Tailândia, A RV 144 combina duas vacinas que não tinham tido sucesso e reduz em 31% risco de infecção de HIV. Foi o maior teste do género alguma vez realizado para prevenir a contaminação pelo vírus que provoca a SIDA, o HIV.

 

Os resultados de três anos de acompanhamento foram divulgados hoje na Tailândia pelos parceiros da iniciativa: o Exército dos EUA, o Ministério da Saúde Pública tailandês, o laboratório francês Sanofi-Pasteur, a Global Solutions for Infectious Diseases e o Instituto Nacional de Doenças Alérgicas e Infecciosas dos EUA. Com cautela, a Organização Mundial da Saúde saudou a iniciativa como promissora.

 

“É a primeira vez no mundo que se encontra uma vacina que pode prevenir a infecção do HIV”, disse o ministro da Saúde tailandês. A sua aplicação pode ser limitada e uma vacina comercial vai demorar algum tempo, mas abre-se uma promissora via de investigação.

 

O laboratório Sanofi-Pasteur, divisão de vacinas do grupo Sanofi-Aventis, considerou que os testes da vacina representavam uma “primeira demonstração” de que uma vacina contra a SIDA podia “tornar-se realidade”. “Apesar de modesta, a redução do risco de infecção pelo HIV é estatisticamente significativa”, comentou à AFP Michel DeWilde, vice-presidente para a investigação e desenvolvimento no Sanofi-Pasteur.

 

Duas agências das Nações Unidas, a Organização Mundial de Saúde e a ONUSIDA, disseram que este desenvolvimento dá “nova esperança” no combate à doença, notando também que é preciso mais trabalho.

 

Fonte: MSN Notícias

Bolsas dos EUA caem pelo segundo dia consecutivo

24.09.09, Planeta Cultural

Os principais índices bolsistas norte-americanos fecharam hoje a desvalorizar, pelo segundo dia consecutivo depois de ter sido divulgado que as vendas de casas em segunda-mão diminuíram inesperadamente.

O Dow Jones caiu 0,42% para os 9.707,44 pontos, o Nasdaq recuou 1,12% para 2.107,61 pontos e o S&P500 desvalorizou 0,95% para 1.050,78 pontos.

A Associação Nacional de Mediadores Imobiliários dos EUA (National Association of Realtors) revelou hoje que as vendas de casas em segunda-mão desceram 2,7% para um ritmo anual de 5,1 milhões, o segundo maior nível nos últimos 23 meses. Os economistas inquiridos pela Bloomberg previam um aumento anual das vendas de casas usadas, para uma taxa anualizada de 5,35 milhões. Em Julho, tinham aumentado para 5,24 milhões.

A travar maiores quedas esteve o dado económicos divulgado pelo Departamento do Trabalho, onde foi conhecido que os pedidos de subsídio de desemprego nos EUA, diminuíram inesperadamente, na semana passada, o que reforçou a especulação de que a economia está a recuperar.

A contribuir para a queda estiveram as acções da Dell que desceu 1,13% para os 15,77 dólares, e da Yahoo que perdeu 1,86% para os 16,89 dólares.

O Citigroup também pressionou ao recuar 1,99% para os 4,43 dólares. A General Electric desvalorizou 2,41% para os 16,59 dólares.
 

Fonte: Jornal de Negócios

Sindicato admite mais greves: TAP obrigada a cancelar 172 voos no primeiro dia de greve

24.09.09, Planeta Cultural

O presidente do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil, Helder Silva, anunciou que no primeiro dia de greve dos pilotos a adesão foi de 98%, tendo obrigado a TAP a cancelar 172 voos, dos 178 previstos. O sindicato admite voltar às greves.

Helder Silva, em conferência de imprensa, adiantou ainda que a companhia fretou 16 voos, já tendo realizado oito. “Este fretamento de serviços externos é ilegal e nós já fizemos queixa às entidades independentes”, referiu.

O presidente do SPAC diz que os pilotos rejeitam a postura inflexível da companhia, e que sem garantias, admite voltar à greve.
 

Fonte: Jornal de Negócios