Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

XnView v1.96.2

06.07.09, Planeta Cultural

O XnView é um software multiplataforma usado para visualização, conversão e manipulação de arquivos gráficos. Ele suporta mais de 400 tipos de formatos de arquivos de imagem, é gratuito, fácil de usar e não requer instalação.

 

Download: XnView v1.96.2

CDBurnerXP v4.2.4.1420

06.07.09, Planeta Cultural

O CDBurnerXP é um software gratuito para gravação de CDs/DVDs que também suporta discos Blu-ray e HD DVD. O programa inclui suporte para criação e gravação de imagens ISO, criação de CDs de áudio e muito mais.

 

Estas são as mudanças nesta versão:
• Latvian translation
• Slovenian installer translation
• Added $yr variable
• Setting for user defined temp folder
• Allow line breaks in error report descriptions
• NMSAccess service replaced with local security policy settings
• Removed annoying message boxes when burning multiple copies
• Allow Alt+Up, Alt+Left and Alt+Right shortcuts in the explorer file view
• Handle invalid command line arguments more gracefully
• Fixed verification not being performed even though the checkbox is checked
• Fixed duplicate access keys and added "text only" toolbar style
• Let updater wait until the application has closed proeprly
• AudioPlayer window might not be visible on the screen when enabled
• Fixed lost tab background color after minimising
• Fixed Shutting down after burning does not work if verification is enabled

 

Faça o download aqui: CDBurnerXP v4.2.4.1420

BurnAware Free v2.3.7

06.07.09, Planeta Cultural

O BurnAware Free permite que um utilizador execute as tarefas mais comuns relacionadas à gravação de discos: grava em todos os tipos de CDs/DVDs, grava em discos Blu-ray, grava CDs de áudio e DVDs de filmes, permite também a criação de imagens dos discos, grava discos multi-sessão e mais.

 

 

Download: BurnAware Free v2.3.7

Bellluschi contratado por quatro anos

06.07.09, Planeta Cultural

O FC Porto contratou hoje o argentino Daniel Belluschi para os próximos quatro anos, tendo pago ao Olympiacos, da Grécia, cinco milhões de euros por metade do passe do jogador.

 

O médio ofensivo passa a ter uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros e é o reforço que o FC Porto procurava para substituir Lucho González, que se trabsferiu por 18 milhões de euros para o Marselha.

 

Belluschi é um médio ofensivo de 25 anos que brilhou no River Plate, para onde foi precisamente para substituir Lucho González quando este assinou pelo FC Porto. As carreiras dos dois jogadores voltaram agora a cruzar-se, com Belluschi a ser novamente eleito para suceder ao novo reforço do Marselha.

 

O jogador já se encontra no Porto e amanhã já deverá integrar o primeiro dia de trabalho da equipa.

 

Fonte: OJOGO

Petróleo cai mais de 3% e atinge mínimos de 5 meses

06.07.09, Planeta Cultural
O petróleo segue a negociar em baixa, atingindo mínimos de 5 meses, com os receios de que a economia possa não recuperar tão cedo quanto o especulado, diminuindo a procura de combustível.

O WTI, crude negociado em Nova Iorque, subia 3,58% para 64,34 dólares enquanto o Brent, transaccionado em Londres, subia 2,06% para 64,26 dólares.

O petróleo segue a perder pelo quarto dia consecutivo enquanto as bolsas norte-americanas, europeias e asiáticas negoceiam em terreno negativo. O euro segue a negociar em baixa face ao dólar sob o receio de que a recessão não abrande tão cedo quanto esperado, levando os investidores a procurar a moeda norte-americana como refúgio.

A negociação do petróleo em Nova Iorque está 12% mais baixo que do que os máximos de oito meses de 73,38 dólares por barril alcançados a 30 de Junho.

“É tão difícil descobrir vestígios de uma possível recuperação económica que dentro de pouco tempo, os preços das energias vão cair dos máximos que têm atingido”, disse John Kilduff, vice presidente de energia na MF Global à Bloomberg.

O Movimento para a Emancipação do Delta do Níger (MEDN) anunciou hoje o ataque a uma plataforma da Chevron, sequestrando um barco com 6 pessoas a bordo. Segundo o MEDN, a plataforma controlava cerca de 80% das actividades de extracção do crude da Chevron Nigéria Ltd.
 
 
Fonte: Jornal de Negócios

BdP e CMVM alertam para consequências de investimentos no "mercado Forex"

06.07.09, Planeta Cultural

O Banco de Portugal e a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) emitiram um comunicado onde alertam para as consequências de investimentos realizados em activos no “mercado Forex”, onde estão a ser realizadas algumas operações alvo de investigações. As instituições realçam que estes investimentos não estão abrangidos pelos sistemas de indemnização.

Os dois supervisores referem, em comunicado, que há “entidades que oferecem elevadas rentabilidades através do investimento em instrumentos derivados cambiais que têm como activos subjacentes as cotações cambiais no “mercado FOREX” – Mercado interbancário cambial não regulamentado”.

Esta actividade está a ser realizada “com recurso a anúncios em sítios da ‘internet’ em domínios estrangeiros e sem a existência de qualquer suporte físico ou jurídico em Portugal”.

A CMVM e o Banco de Portugal alertam para o facto desta prática ser “susceptível de configurar o exercício não autorizado de actividade de natureza financeira.”

As autoridades advertem que “a contratação de qualquer produto ou instrumento financeiro, em especial quando oferecido por entidade não conhecida do cliente ou investidor, deverá ser sempre precedida da necessária verificação da habilitação da instituição contratante para o exercício da actividade em causa. Esta verificação pode ser efectuada junto do Banco de Portugal ou da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, nomeadamente, através dos respectivos endereços de ‘Internet’”.

“Mais se salienta que, entre outras consequências, os fundos entregues a entidades não habilitadas não estão abrangidos pelos sistemas de indemnização que protegem os fundos e os valores mobiliários confiados às instituições de crédito e a outras instituições financeiras (Fundo de Garantia de Depósitos e Sistema de Indemnização aos Investidores)”, acrescenta a mesma fonte.

O comunicado surge depois do jornal “i” ter noticiado que o Ministério Público está a investigar um caso de fraude no qual uma empresa fictícia prometia lucros de 1% ao dia. Estima-se que tenham sido enganados mais de 200 portugueses, que investiram montantes superiores a um milhão de euros.

Fonte: Jornal de Negócios