Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Níveis elevados de ferro podem prevenir doença de Parkinson

07.06.13, Planeta Cultural

Níveis elevados de ferro no sangue podem significar um risco menor de desenvolvimento da doença de Parkinson, revela um estudo publicado na revista científica norte-americana PLoS Medicine.

.

O estudo, que procurou associar o risco da doença - conhecida como sendo um distúrbio nervoso que provoca tremores e dificuldades de caminhar, de se movimentar e de coordenação – com os níveis de ferro, explica a publicação que reúne artigos de especialistas.

 

Estudos anteriores já tinham mostrado uma possível ligação entre níveis de ferro baixos no sangue em pessoas com a doença de Parkinson em comparação com quem tinha níveis controlados do mineral. Irene Pichler da Academia Europeia de Bolzano, em Itália, e um grupo de investigadores internacionais pesquisaram a possível existência de evidências entre os níveis de ferro e o risco da doença através de três mutações em dois genes, HFE e TMPRSS6.

 

A investigação contou com 22 mil pessoas da Europa e Austrália, além da análise de um estudo feito com 20.809 pessoas com Parkinson e 88.892 pessoas para o grupo de controle. Ao cruzar os dados dos três grupos, a investigação obteve uma redução de 3% do risco de doença de Parkinson para cada aumento de 10 ug / dl de ferro no sangue.

 

No entanto, os autores do estudo afirmam que são necessários mais estudos sobre os mecanismos param serem propostas as recomendações específicas de tratamento.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui