Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Ministério da Educação abre 618 vagas para os quadros das escolas

Sexta-feira, 19.04.13
Concurso nacional de professores arranca terça-feira. Ministério da Educação disponibiliza 618 vagas.
.
A partir da próxima terça-feira, os educadores de infância e professores dos ensinos básico e secundário, dos quadros ou contratados, que queiram candidatar-se a um lugar de quadro numa escola podem fazê-lo. Ao seu dispor terão 618 vagas.

 

A portaria que fixa o número de vagas foi publicada esta tarde em Diário da República, dando cumprimento à lei que define que estes concursos de pessoal docente externo e interno obedece a uma periodicidade quadrienal.


De lembrar que este ano o Ministério da Educação abriu um concurso extraordinário que permitiu a vinculação de 603 professores contratados aos quadros de zona pedagógica (QZP).

 

Estes poderão agora concorrer a uma escola, porém estarão em quarta prioridade, para que não ultrapassem colegas mais antigos na carreira. À frente destes estarão os professores já dos quadros de escola que queiram mudar de escola, professores que pretendem passar de quadro de QZP para quadro de escola e ainda os que queiram mudar de grupo de recrutamento.

 

Só em quinto lugar surgem os professores contratados, o que leva a crer que poucos ou nenhuns conseguirão entrar para os quadros. Estes docentes poderão sempre tentar colocação no concurso anual de necessidades transitórias que abrirá em Agosto.

 

Professores dos quadros de zona podem ter de se deslocar 200 quilómetros


Foi igualmente publicada a portaria que procede a um redimensionamento dos Quadros de Zona Pedagógica (QZP), que passam de 23 para 10, fazendo com que os docentes possam ter que se deslocar até 200 quilómetros.

 

"A definição de novos QZP visou uma maior flexibilidade na distribuição dos docentes, garantindo um melhor equilíbrio entre essa distribuição e a satisfação das necessidades das escolas. Por outro lado, procura-se garantir que todos os professores dos quadros têm turmas atribuídas", diz o Ministério da Educação em comunicado enviado às redacções. O objectivo do Ministério de Nuno Crato é reduzir a zero o número de docentes dos quadros sem componente lectiva, já no próximo ano lectivo.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:43


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural