Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Proprietário da Livraria Lello admite cobrar entradas

Domingo, 31.03.13



O proprietário da Livraria Lello admitiu hoje a possibilidade de vir a cobrar entrada aos milhares de visitantes para "pagar o desgaste" do espaço, contribuindo já com dois euros os turistas organizados em grupos, recebendo um marcador de livros.

 

O jornalista Filipe Santos Costa conta que tentou ir à Livraria Lello e que lhe quiseram cobrar um bilhete à entrada de dois euros, denunciando que a cobrança lhe parece "manifestamente ilegal" já que "o estabelecimento não tem à entrada a reserva do direito de admissão e não exibe qualquer licença para cobrar bilhetes".


Em declarações à agência Lusa à porta da Livraria Lello, Antero Braga garantiu que pessoas sozinhas não pagam para entrar, sendo o pagamento de dois euros apenas para grupos de turistas organizados, que "recebem um marcador como recordação da empresa, ao preço de custo deles".


O proprietário disse ser "muito provável" que um dia passe a estender o pagamento ao público em geral porque "a cultura não pode ser sinónimo de pobreza".


"Antes uma casa que cobra à entrada que uma casa fechada, o que não é o caso. É um estudo que tem que se pensar porque alguém tem que pagar o desgaste desta casa", explicou.


Contactado pela agência Lusa, Filipe Santos Costa garante não ser "verdade que só cobra a grupos organizados" porque lhe tentaram cobrar quando estava apenas acompanhado pela mulher e pelo filho", como relata no blogue Elevador da Bica.


Antero Braga salientou ainda que esta é uma "empresa privada e pública", explicando que a centenária Lello tem "um desgaste enorme em prol da cultura e divulgação da cultura portuguesa", recordando que "é a mais bela livraria de raiz do mundo e a terceira melhor do mundo".


"Esta livraria não se pode dar ao luxo de substituir o senhor Estado em termos de divulgação dos autores, da cultura portuguesa. Eu não ganho nada porque ninguém dá nada a esta casa e eu sou um dos proprietários", garantiu.


Segundo o responsável, "mais de duas mil pessoas por dia passam aqui na livraria", afirmando que "ninguém vai pagar aquilo" que está a fazer.


"Se não fosse esta casa, a Prólogo -- antiga Lello -- provavelmente a minha querida amiga não me estaria a fazer esta pergunta", lamentou.


Para Antero Braga "cultura é o que faz os pobres mais ricos e portanto os agentes culturais não têm que pagar" mas sim "trabalhar de forma a manter a cultura viva para que o seu país, a sua economia, possa ser diferente".

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:48

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural