Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tags

Mais tags



Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Bolsas dos EUA sobem mais de 1% após dados económicos

Quarta-feira, 27.02.13
O Dow Jones fechou em máximos de 2007, num dia em que os principais índices bolsistas dos EUA valorizaram mais de 1%.

 

Dow Jones subiu 1,26% para 14.075,37 pontos, atingindo o valor mais elevado desde Outubro de 2007. O Nasdaq avançou 1,04% para 3.62,257 pontos e o S&P500 cresceu 1,40% para 1.517,89 pontos.

 

A contribuir para a subida dos índices esteve a divulgação de um aumento de 4,5% do índice de vendas de casas em segunda-mão, quando os economistas previam um acréscimo de 1,9%.

 

Além disso, o Departamento do Comércio dos EUA revelou que, apesar das encomendas de bens duradouros terem caído mais do que o esperado, em Janeiro, reflectindo a maior descida de encomendas por equipamentos de defesa da última década, excluindo o segmento de transporte as vendas registaram o maior acréscimo do último ano.

 

A Bloomberg realça que o facto dos juros implícitos nas obrigações italianas estarem a cair, a reflectir alguma acalmia em relação aos receios provocados pelos resultados das eleições, também está a contribuir para a subida das bolsas americanas.

 

As acções da FedEx subiu 2,50% para 105,74 dólares, reagindo assim aos dados económicos que apontam para uma recuperação da economia americana.

 

A Priceline, a maior agência de viagens online por valor de mercado, subiu 2,57% para 695,91 dólares depois de ter anunciado lucros acima do esperado, com as receitas provenientes de fora dos EUA a justificarem a diferença.

 

Do lado oposto esteve a Apple, que perdeu 0,98% para 444,57 dólares, no dia em que se realizou a reunião anual de accionistas. O presidente executivo, Tim Cook, afirmou estar em negociações “muito, muito atractivas” sobre o dinheiro disponível na empresa. Contudo, os investidores ficaram sem saber o que está o CEO da fabricante do iPhone a pensar fazer, o que acabou por penalizar as acções, numa altura em que Tim Cook tem sido pressionado a distribuir pelos investidores parte dos 137,1 mil milhões de dólares disponíveis no balanço através de dividendos ou novas acções preferenciais.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:39

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

 


subscrever feeds


Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural