Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Prisão preventiva para GNR suspeito de abusar menores

29.09.12, Planeta Cultural

O Tribunal de Idanha-a-Nova decidiu manter em prisão preventiva um cabo da GNR da vila da Beira Baixa e a sua mulher por suspeita de crimes sexuais envolvendo menores, disse à Lusa fonte daquela força de segurança.

 

O cabo da GNR ficou detido no Presídio Militar de Tomar, enquanto a mulher está em prisão domiciliária, acrescentou a mesma fonte.

Os dois tinham sido detidos na quarta-feira pela Polícia Judiciária, juntamente com um outro homem, ao qual foi aplicada a medida de coacção de apresentações periódicas.

Os três suspeitos foram ouvidos no Tribunal de Idanha-a-Nova até às 01h30 deste sábado.

As vítimas terão sido duas raparigas de 14 e 15 anos e o elemento da GNR que foi detido é um cabo com cerca de 40 anos, casado e pai, residente em Idanha-a-Nova.

O caso surgiu a partir de denúncias de abusos sexuais contra o militar, feitas junto da comissão de protecção de crianças e menores da vila, o que levou a um processo de averiguações interno na GNR.

O suspeito fpo constituído arguido pelo comandante do destacamento de Idanha-a-Nova, no início de Agosto, sendo o caso entregue à Polícia Judiciária (PJ).

Ao longo de quase dois meses, "a PJ realizou diversas diligências e o militar foi detido na quarta-feira", juntamente com outro homem e uma mulher suspeitos de envolvimento no caso, referiu a mesma fonte da GNR.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui