Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Triptofano!

    Realmente no Porão qualquer excitação ficaria auto...

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!





Porto: S. João notifica Infarmed para efeitos secundários de medicamento oral para esclerose múltipla

Terça-feira, 29.05.12

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, enviou ao Infarmed uma notificação de suspeita de efeito secundário potencialmente fatal de um medicamento oral para esclerose múltipla, confirmou à Lusa fonte do hospital.

Em resposta a questões colocadas pela Lusa, fonte do conselho de administração do Centro Hospitalar de São João esclareceu que, na semana passada, foi efectuada a «notificação de suspeita de efeito adverso potencialmente fatal» do Fingolimod, substância activa do primeiro fármaco oral para a esclerose múltipla.

A notificação foi enviada devido ao caso de um doente, utilizador do medicamento em causa, que veio a morrer naquela instituição hospitalar, sem que se saiba, ainda, se esse acontecimento esteve, ou não, relacionado com a toma do fármaco.

«Após a notificação de suspeitas de reacções adversas inicia-se um processo de validação e avaliação da informação, em colaboração com a Unidade de Farmacovigilância da região, a fim de aferir se existe uma relação causal entre a toma do medicamento e a reacção adversa notificada», explicou à Lusa, em resposta escrita, fonte do Infarmed.

Os casos suspeitos são partilhados com as autoridades internacionais, avançou a mesma fonte do Infarmed, para que se possam comparar as situações decorridas.

O primeiro medicamento oral para a esclerose múltipla, doença para a qual até agora só havia resposta terapêutica injectável, foi aprovado em Março pela autoridade que regula o sector.

Trata-se de um fármaco cuja substância activa é o Fingolimod e que está indicado para o tratamento em doentes com esclerose múltipla 'surto-remissão' muito activa.

Um mês depois, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) reforçou as precauções na administração do fármaco para garantir que os benefícios superam o risco cardíaco.

In' Diário Digital 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:22


Pesquisar

 



Contacto

planetacultural@sapo.pt

Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural