Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Chuva de meteoros visível nas próximas duas noites

11.08.09, Planeta Cultural

Pequenos meteoros brilhantes serão visíveis hoje e quarta-feira à noite, por vezes à média de um por minuto, numa chuva de estrelas provocada pela entrada na atmosfera de poeiras de um cometa.

 

«Quando a Terra, na sua órbita, passa por locais onde há restos de cometas, neste caso o Swift-Tutle, há uma grande quantidade de poeira que entra nas altas camadas da atmosfera e provoca esta chuva de meteoros», explicou à Lusa o astrónomo e biólogo Pedro Ré.

 

Chama-se também Perseidas a este fenómeno anual, em que a Terra segue numa determinada direcção no seu movimento de translação e os meteoros vêm da direcção da constelação de Perseus, sendo alguns deles bastante brilhantes.

 

O pico do espectáculo astronómico está previsto para as 18:00 TU de quarta-feira (17:00 em Lisboa), quando ainda não é noite em Portugal, sendo que a Lua vai interferir um pouco, por estar na fase minguante, e retirar algum brilho ao firmamento. Mas, mesmo assim, os astrónomos garantem que irá valer a pena observar o céu nas duas próximas noites.

 

Não é necessária qualquer protecção da vista, nem a utilização de binóculos ou telescópios, já que todo o fenómeno das estrelas cadentes, como também é conhecido, abrange todo o céu e pode observar-se naturalmente à vista desarmada.

 

«Os meteoros são muito pequenos, do tamanho de ervilhas ou no máximo de bolas de ténis, e são muito fugazes, duram poucos segundos», disse Pedro Ré, presidente da Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores.

 

«Nestes casos nunca devemos usar qualquer ajuda óptica, nem binóculos nem telescópios, porque o campo é muito restrito e se os utilizarmos não veremos nada», acrescentou.

 

Para observar o fenómeno nas melhores condições, com céu limpo, as pessoas devem deitar-se no chão, proteger-se contra o frio e assistir ao espectáculo natural e não recear que algum meteoro lhes caia em cima, sugere Pedro Ré.

 

É que, dadas as suas muito pequenas dimensões, estes meteoros desfazem-se antes de entrarem na atmosfera, que funciona como protecção.

 

Segundo as previsões do Instituto de Meteorologia, o céu estará hoje limpo em Portugal Continental, mas aumentará de nebulosidade durante a tarde nas regiões do Interior Norte e Sul. Na Madeira haverá períodos de céu muito nublado, apresentando-se pouco nublado na região do Funchal. Nos Açores, haverá no geral períodos de céu muito nublado, com abertas.

 

 

Fonte: Diário Digital / Lusa