Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Dermatologista tira as dúvidas sobre um drama da mulher: a celulite

01.07.11, Planeta Cultural

Entrevista com a Drª Aline Vieira vai ajudar você a tratar melhor desse mal

Um dos males que mais atormentam mulheres de todo o mundo são aqueles indesejáveis furinhos que cismam em aparecer no corpo e tiram a mulherada realmente do sério. As famigeradas celulites podem estar por toda a parte e é uma dúvida constante.

Para entender mais sobre a celulite e acabar de vez com parte dessas suspeitas do que se  devemos ou não fazer, o Mulher conversou com a dermatologista Drª Aline Vieira, mestre em dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e supervisora de ensino do setor de cosmiatria também da UFRJ.

Aqui, Drª Aline Vieira fala sobre as causas da celulite, os diferentes tipos, tratamentos sugeridos, o que se pode fazer em casa para amenizar a aparência e muitas outras coisas. Confira!



Mulher: O que é celulite?


Drª Aline Vieira: Celulite é um distúrbio estético representado pelo aspecto de casca de laranja até depressões na pele. É mais comum nas coxas e glúteos afetando a maioria das mulheres após a adolescência.

Quais são as causas da celulite?

A causa é desconhecida, mas uma série de fatores incluindo genética, hormônios, inflamação e alteração da microcirculação estão envolvidos.

E os tipos?

A celulite é graduada de 0 a 3:

0 - Pele com superfície lisa mesmo sentada ou deitada - É quando aperta-se a pele e ocorre apenas a formação de linhas, sem depressões;
1 - Pele com superfície lisa de pé ou deitada - Aparecem pequenas depressões quando a pele é apertada;
2 - Pele de aspecto acolchoado quando em pé - Não é preciso apertar para notar os furinhos. Nesse caso, a superfície permanece lisa quando deitada;
3 - Pele de aspecto acolchoado estando em pé ou deitada.

Por que é mais comum em mulheres?

É mais comum em mulheres pelo tipo de hormônios circulantes que predominam e pelo tipo de arquitetura de sustentação da pele. Nos homens os septos do tecido conjuntivo subcutâneo são mais espessos, paralelos à superfície, formando uma rede que deixa os espaços para depósito da gordura muito pequeno. Já nas mulheres, os septos são finos, perpendiculares à superfície, resultando em maior espaço entre o tecido conjuntivo para depósito de gordura.

Existe cura?

Se tratada logo no início existe possibilidade de melhorar até 100%. Nos graus mais avançados não melhora 100%, mas ocorre uma melhora importante de até 80% no grau 2 e 30 a 60% no grau 3. Além disso, o tratamento impede a progressão da celulite.

Exercícios físicos ajudam a diminuir a celulite? Quais são os mais indicados?

Ajudam. Os mais indicados são os exercícios aeróbicos que estimulam a perda de calorias e consequentemente a perda de peso e de gordura. Caminhada, natação, bicicleta e hidroginástica são excelentes atividades físicas. O fortalecimento muscular da área acometida também é importante para modelar a musculatura e a pele. Beber muita água melhora a circulação sanguínea e a drenagem do sistema linfático, melhorando a eliminação das toxinas.


Quais os melhores meios de prevenção?

Evitar ganho de peso, praticar exercícios físicos, boa alimentação, beber bastante água, hidratar bem a pele, aplicar substâncias que ativem a circulação local e fazer drenagem linfática pelo menos uma vez por semana.

O que há de mais novo para o tratamento?

Há diversos aparelhos com tecnologias diferentes que devem ser utilizados em conjunto ou em rodízio na busca do melhor resultado. O tratamento deve ter como alvo os fatores responsáveis pela formação da celulite, como: fatores estruturais do tecido subcutâneo, hormonais, circulatórios e inflamatórios. Oriento as meninas novas a seguirem a risca as orientações já ditas para prevenção. Os tratamentos disponíveis são: cirurgia (lipoaspiração e subcisão), aparelhos não invasivos (luz e laser, radiofreqüência e massagem), carboxiterapia e cremes tópicos.

Cremes que dizem combater a celulite funcionam mesmo?

Funcionam sim. Eles possuem substâncias ativas que ajudam no combate às causas da celulite. Um bom creme deve ter ação reestruturante, ajudando a diminuir a viscosidade do tecido conjuntivo e regulando a produção de fibras na derme. Deve ter ação na célula de gordura favorecendo a quebra das mesmas e agir na microcirculação, ativando o fluxo sanguineo, diminuindo a fragilidade capilar e melhorando a drenagem linfática.

Qual é a forma correta de aplicar esses cremes?

Os cremes devem ser aplicados duas vezes ao dia, com movimentos circulares de baixo para cima.

Que dica você daria para as mulheres potencializarem os resultados?

Fazer uma esfoliação corporal duas vezes por semana para remover as células mortas e melhorar a penetração dos ativos e também aplicar uma loção ativadora da circulação antes da massagem, para favorecer a absorção dos componentes da fórmula e otimizar a ação.

 


Faça uma visita à fonte da informação clicando aqui