Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Ouvir música «em excesso» pode ser sinal de depressão

11.04.11, Planeta Cultural

A quantidade de tempo que um adolescente passa a ouvir música pode ser um indício de depressão. A música em si não seria a causa, mas o jovem pode encontrar refúgio e conforto em canções, o que faz com que haja uma conexão muito forte entre a doença e o hábito de escutar música.

Com base em estudos feitos anteriormente, os investigadores acreditam que os jovens incluídos nos grupos de maiores utilizadores despendem cerca de 4 ou 5 horas por dia a ouvir música.

Para o estudo, 106 crianças de 7 a 17 anos foram seleccionadas. Destas, 46 sofriam de depressão e 60 não tinham problemas psiquiátricos.

As análises dos participantes mostraram que os indivíduos que mais frequentemente escutavam música tinham 8 vezes mais probabilidades de desenvolver depressão. Em comparação, jovens que passavam mais tempo a ler mostraram ser menos deprimidos, o que sugere que a leitura pode proteger ou que pessoas deprimidas não conseguem concentrar-se na actividade.

 

Brian A. Primarck, da Universidade de Pittsburgh, acredita que o estudo pode ajudar no diagnóstico da doença. «É uma coisa importante de se saber por que pode ajudar clínicos, pais e professores a perceberem que o uso intenso pode ser um indício da depressão em algumas pessoas», completa.

 


Visite a fonte da informação clicando aqui