Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

Planeta Cultural

Acima de tudo, cultura geral

S&P 500 a caminho da melhor subida trimestral desde 1998

29.06.09, Planeta Cultural

Os principais índices bolsistas dos EUA encerraram no verde, animados pela subida dos preços do petróleo, que impulsionou os títulos energéticos. O desempenho de hoje ampliou o melhor "rally" trimestral do Standard & Poor’s 500 desde 1998.

O Dow Jones fechou a ganhar 1,08%, fixando-se nos 8.529,38 pontos. O S&P 500 subiu 0,91%, para 927,22 pontos.

O Nasdaq fixou-se nos 1.844,06, com uma valorização de 0,32%.

A escalada dos preços do petróleo, que hoje superaram os 71 dólares por barril em Nova Iorque, animou os títulos energéticos, numa altura em que cada vez mais investidores se mostram convictos de que a recessão está a atenuar.

O crude foi sustentado por novos ataques contra instalações petrolíferas da Shell na Nigéria, que levou a mais cortes de produção daquele país. A Exxon Mobil e a Chevron lideraram a subida dos títulos energéticos em bolsa.

A J.C.Penney também esteve em alta, depois de o Morgan Stanley ter revisto em alta o seu “rating” para a terceira maior “department store” norte-americana, para “overweight”.

A Microsoft subiu 1,9%, animada com a revisão em alta do seu preço-alvo por parte do Deutsche Bank.

A Ford disparou 4,5% após anunciar que prevê a menor queda de vendas entre as principais fabricantes automóveis.

Em contrapartida, a queda da Biogen arrastou para o vermelho os títulos ligados aos cuidados de saúde. A Biogen perdeu mais de 6% depois de o Deutsche Bank ter feito um “downgrade” para as acções da empresa e depois de a empresa de biotecnologia ter anunciado que foram diagnosticados problemas cerebrais a mais um doente que estava a usar o seu medicamento para a esclerose múltipla.

Fonte: Jornal de Negócios