Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!

  • Planeta Cultural

    .......deve ganhar pouco no Real de Madrid e preci...

  • Sam

    Para quem gosta de redes sociais e quer ganhar uns...

  • Planeta Cultural

    Com um alvarinho a acompanhar...Ui....mas que peti...







Benfica/Nos contra Porto/Meo: o que vale mais?

Domingo, 27.12.15
O acordo entre Altice e FC Porto vale mais 57 milhões que os 400 milhões fechados entre a Nos e o Benfica. O prazo é o mesmo. Mas o que está dentro do pacote não é comparável.
 
 

O valor
Benfica e Porto comunicaram acordos com valores distintos. O do Benfica com a Nos vale 400 milhões de euros. O Porto chegou a acordo com a Altice/PT Portugal por um valor global de 457,5 milhões de euros. 

Pacote do Benfica inclui jogos e BTV

O valor anunciado pelo Benfica foi mais redondo: 400 milhões de euros por 10 anos de transmissão de jogos em casa e pela distribuição do seu canal BTV. Um preço que será gradual ao longo deste prazo e que não descrimina quanto valem os jogos e o canal. Neste pacote não está incluído o patrocínio das camisolas, que o Benfica vendeu à companhia aérea Fly Emirates, por um valor não revelado. Mas estão incluídos espaços de publicidade no Estádio da Luz e acções de marketing específicas, cujo valor total também não foi divulgado.


Porto vende jogos, camisola e canal
O preço do negócio entre Altice e FC Porto é superior ao do Benfica e Nos, mas inclui direitos diferentes.
A começar nos prazos: são 10 anos de jogos em casa a partir de 2018, quando expira o acordo em vigor com a PPTV, de Joaquim Oliveira, que revendeu esses direitos à Sport TV.
O acordo do Porto inclui direitos de transmissão do Porto Canal a partir de Janeiro de 2016, o que é comparável ao acordo da Nos para a BTV. Mas o acordo com a dona da Meo e o Porto inclui o patrocínio das camisolas (que o Benfica tem com a Emirates), não tendo sido descriminado este valor. E entra já em vigor em Janeiro. É a componente específica do acordo que permite apresentar o preço total de 457,5 milhões de euros.

 

 

In' Jornal de Negócios

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:03

Netflix chega a Portugal ligada à Vodafone

Terça-feira, 20.10.15
O serviço de streaming de séries e filmes Netflix chegará amanhã a Portugal e a Vodafone fechou uma parceria com a empresa norte-americana para que a sua aplicação fique disponível através do serviço de televisão da operadora.
 
 

Segundo o comunicado enviado esta terça-feira, 20 de Outubro, às redacções pelaVodafone, a aplicação da Netflix ficará disponível através do serviço de televisão da operadora a partir de amanhã, data do lançamento oficial do serviço de streaming norte-americano em Portugal.



Assim sendo, diz a marca, "os clientes Vodafone Tv passarão a ter acesso a um leque variado de séries, filmes e documentários", onde se incluem produções próprias do Netflix, como a série "Orange is the New Black", "Daredevil-Demolidor" (da Marvel), "Narcos", entre outros. De fora fica, por exemplo, a série "House of Cards", cujos direitos televisivos já foram vendidos à TVSéries e à SIC.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 17:13

Until Dawn - “Demasiado assustador para se jogar sozinho”

Quarta-feira, 26.08.15

Will Byles, diretor criativo de “Until Dawn”, garante que além de sustos a história é forte e compete com filmes ou romances. Porque há enredos que só um videojogo pode contar.

 

É a aposta forte da Sony para setembro e o primeiro grande investimento da distribuidora em jogos de terror, trazendo ao público um jogo inovador capaz de preencher um nicho específico: A história interativa, onde invés de se focar em botões, o jogador deve tentar “focar-se em manipular estrategicamente as relações entre personagens”.

 

Segundo Will Byles, “Until Dawn” é um jogo de terror sobre vários amigos presos numa cabana na montanha, enquanto um assassino está à solta. A premissa parece gasta, porém Byles diz que isto é só o início, e que o desenvolver das relações das personagens entre si levará a história a várias surpresas.

 

Ao contrário de muitos jogos, o que importa em “Until Dawn” não é perícia no comando, mas sim exploração e reflexão, preterindo jogabilidade tradicional em prol de mistério e tensão através de decisões que o jogador tem que tomar para manter todas as personagens vivas.

 

O conceito em si não é novo. Em 2010, a Sony patrocinou “Heavy Rain”, onde os jogadores acompanhavam várias personagens tomando decisões e tentando resolve o mistério do “assassino de origami”, porém a Supermassive Games pretende levar o conceito mais longe, recorrendo a uma mecânica apelidada efeito borboleta.

 

Leia mais no "Expresso"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:03

'Efeito Casillas' leva a beIN Sports a comprar jogos da Liga portuguesa

Quinta-feira, 13.08.15

Subsidiária da Al Jazeera vai transmitir um jogo por jornada. BTV também foi contactada, mas ainda não decidiu se venderá os seus direitos.

 

O mediatismo que a contratação de Iker Casillas por parte do FC Porto conferiu à Liga portuguesa volta a refletir-se no mercado televisivo. Depois de a TVE ter adquirido os direitos de transmissões de alguns jogos do FC Porto na pré-temporada, ontem a beIN Sports anunciou que vai passar a transmitir um jogo da I Liga por jornada.

 

A subsidiária da Al Jazeera, do Qatar, que se dedica à transmissão de eventos desportivos, opera sobretudo em França e nos Estados Unidos da América, mas também tem um canal em espanhol. E é precisamente em Espanha que a beIN Sports quer aumentar a sua audiência, contando para isso com a "armada espanhola" do FC Porto.

 

"O futebol luso caracterizou-se sempre por ser uma grande fonte de jovens talentos, com a participação de jogadores com uma grande projeção no futebol europeu", destacou a emissora, em comunicado. A beIN Sports escolheu o FC Porto-Vitória de Guimarães, agendado para sábado, como o jogo a ser transmitido na primeira jornada da I Liga. Uma escolha que não foi feita ao acaso, pois será o primeiro jogo oficial de Iker Casillas com a camisola do FC Porto. "Este jogo significará a tão esperada estreia de Iker Casillas na Liga portuguesa perante os seus novos adeptos", destaca a estação televisiva, que também emitirá todas as semanas resumos dos jogos da jornada.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:25

Ricardo Quaresma: "Vocês são um bocado loucos, mais de 2500 ‘memes’?"

Sexta-feira, 19.06.15

Ricardo Quaresma.jpg

 

O internacional português Ricardo Quaresma anunciou, esta sexta-feira, os vencedores do concurso do melhor ‘meme’ para a sua fotografia da capa da revista Cristina.

 

Quando foi publicada a fotografia que iria aparecer na edição de junho da revista da famosa apresentadora de televisão as redes sociais entraram em ebulição rapidamente foram criadas paródias à imagem.

 

O extremo do FC Porto lançou o desafio aos fãs, para usarem a sua imaginação e criarem o melhor ‘meme’. Resultado? Foram enviados mais de 2500.

 

“Vocês são um bocado loucos, mais de 2500 ‘memes’? Obrigado por entraram na brincadeira. Não foi simples visualizar tantos trabalhos e muito menos escolher os vencedores”, afirma Quaresma no seu blog.

 

“Era para ser uma camisola para o primeiro e duas revistas autografadas para o segundo e terceiro, porém arranjámos mais duas e vamos dar um prémio aos 5 primeiros”.

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 11:44

Coluna de rastos!

Quinta-feira, 16.01.14

É pá, estou aqui sem concerto, pois não aguento com as dores na coluna!

 

Já sei que isto vai ser por uns dias, pois até parece que as injecções nem fazem efeito!

 

Por esta razão, o blogue não vai ser editado com a regularidade desejada, mas fica a promessa de que, logo que seja possível, tudo voltará à normalidade.

 

Obrigado pela vossa compreensão!

 

 

O Administrador do Planeta Cultural

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:26

Apanhados no SAPO - Médido raptado

Domingo, 10.11.13

o Apanhado de hoje no SAPO é um.......... Médido raptado!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:56

ACTRIZ E APRESENTADORA DA RTP2 DENUNCIA RACISMO EM PORTUGAL

Domingo, 20.10.13

Cláudia Semedo é atriz há uma década que lamenta que a sua cor negra a impeça de ter oportunidade de poder entrar em mais projetos de ficção.

A atriz lamenta que nem a considerem para um 'casting'. 'Por ter ascendência africana tenho de trabalhar mais', sublinha Cláudia Semedo, citada pelo 'Diário de Notícias'.

'Sinto que por ser mulher e ter ascendência africana tenho de trabalhar muito mais', diz Cláudia Semedo que admite que já se sentiu discriminada e de uma forma muito clara.

'Obviamente que sinto muito claramente que na ficção portuguesa não se contemplam as diferenças que o país tem. E o nosso país é um caldeirão, temos africanos, chineses, brasileiros... há muitos papéis sem cor que são escritos naturalmente para pessoas caucasianas e eu não estou com palas nos olhos, vejo isso', desabafa.

A também apresentadora do programa Nós, RTP2, sabe que não pode fazer todos os papéis por causa do tom da sua pele, mas assegura que não há igualdade de oportunidades para todos. 'Eu sei que não posso ser filha de um Nicolau Breyner e de uma Lia Gama, mas há uma série de papéis que posso fazer e sinto que nem me consideram para casting porque não encaixo no estereotipo de Portugal. Sinto que nem sequer se pensa nisso', acusa.

Cláudia Semedo regressa aos palcos dia 25 de Outubro com a peça Paredes Meias, no teatro Amélia ReY Colaço, Lisboa. 'É muito bom voltar', diz.

Em 2011, a cantora Rihanna, que actuou no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, escreveu na rede social Twitter que foi alvo de comentários racistas no hotel onde esteve hospedada.

A estrela da Ilha de Barbados escreveu no Twitter que encontrou 'o cabrão mais racista de sempre'.

Segundo a cantora, o homem disse as 'coisas mais loucas sobre as mulheres negras'. 'Chamou-nos cadelas, prostitutas e afirmou que nós não deveríamos estar hospedadas nos mesmos hotéis que os brancos', acrescentou.

Perante estes insultos, Rihanna revelou que não se conteve e reagiu. 'Como é óbvio, a negra que há em mim saltou cá para fora, falei com sotaque dos Barbados e tudo', escreveu, com um toque de humor, revelador do modo como lidou com o caso.

No fim, a cantora acrescentou que veio a descobrir que o gerente do hotel português também era negro.

Apesar do incidente, Rihanna diz não ter guardado qualquer tipo de rancor a Portugal.

Em Setembro passado, 17 Estados membros, incluindo Portugal, propuseram a criação de um pacto pela diversidade e contra o racismo a assinar por todos os países da União Europeia e pela Comissão Europeia e a vigorar entre 2014 e 2020.

A proposta de elaboração do pacto consta da Declaração contra o Racismo assinada por Portugal, Grã-Bretanha, Bélgica, França, Suécia, Itália, Grécia, Irlanda, Bulgária, Croácia, Lituânia, Polónia, Roménia, Malta, Letónia, Chipre e Áustria, em Roma, a capital italiana, segundo a imprensa lusa.

A iniciativa partiu da ministra do Interior belga, Jolle Milquet, como forma de repudiar todas as formas de racismo e discriminação, mas em particular de mostrar uma posição firme contra as agressões de que tem sido alvo a ministra da Integração italiana, Cécile Kyenge, de origem congolesa (RDCongo).

A Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI) de Portugal, Rosário Farmhouse, declarou à Lusa que depois de ter conhecimento do que se estava a passar com a ministra italiana, a ministra belga convidou todos os Estados membros da União Europeia para se juntarem numa ação conjunta.

A Declaração de Roma surge 'não só para mostrar solidariedade para com a ministra italiana, mas também para mostrar indignação em relação ao que se tem estado a passar' e, ao mesmo tempo, assumir um 'compromisso de luta no combate ao racismo e à xenofobia', disse A Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural de Portugal.

A Declaração contra o racismo não só lembra momentos históricos europeus e mundiais, como o Holocausto, a Convenção Europeia dos Direitos Humanos ou o discurso de Martin Luther King, como aproveita para defender que agora, mais do que nunca, é necessário desafiar a intolerância e o extremismo onde quer que eles ocorram.

Nesse sentido, adiantou Farmhouse, ficou o compromisso de se construir um pacto para os anos 2014-2020 com medidas concretas de combate ao racismo e à xenofobia.

'Vai haver uma reunião em Janeiro onde serão detalhados os próximos passos, mas há esta vontade de haver um compromisso assumido por todos os Estados membros para alertar para esta temática', adiantou.

Segundo Farmhouse, este pacto será como que um compromisso de todos e cada país para que não deixem cair no esquecimento e tragam para primeiro plano as medidas tanto de prevenção como de penalização que já existam contra este fenómeno.

Já no que diz respeito ao que se passa especificamente em Portugal, a Alta Comissária apontou que em matéria de prevenção o país tem feito 'um caminho bastante grande', mas no respeitante à penalização dos atos xenófobos falta ainda uma alteração legislativa 'que possa permitir que a Lei de Combate à Discriminação Racial possa ser mais eficaz'.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 13:46

Redução de salários na Rádio Renascença visa "preservar o emprego"

Terça-feira, 08.10.13

A proposta da administração da Renascença de redução de uma hora de trabalho por dia com o correspondente corte salarial aos trabalhadores que ganham mais de 1.400 euros brutos visa "preservar o emprego", disse à Lusa um dos administradores.

 

O Conselho de Gerência da Rádio Renascença propôs aos trabalhadores que ganham mais de 1.400 euros brutos a redução de uma hora de trabalho por dia com o correspondente corte salarial, a partir de 2014.

 

O comunicado enviado aos trabalhadores, e a que a Lusa teve acesso, refere que os trabalhadores com rendimento bruto médio mensal abaixo ou igual a 1.400 euros não serão abrangidos pela medida.

 

"O objectivo da decisão é preservar o emprego das pessoas", disse o administrador do grupo José Luís Ramos Pinheiro, que adiantou que a administração tem "confiança nos projectos e nos trabalhadores".

 

Esta "é uma medida transversal", ou seja, atinge a administração, a gerência, directores e quadros, acrescentou.

 

Considerou que esta foi a "medida mais justa" encontrada, já que "protege os salários mais baixos".

 

O grupo Renascença conta com cerca de 230 trabalhadores.

 

José Luís Ramos Pinheiro apontou como causa a crise que os meios de comunicação social atravessam, nomeadamente com a enorme queda das receitas publicitárias.

 

O Conselho de Gerência oferece um prémio de valor correspondente a cerca de metade do total de redução anual em 2014, a todos os trabalhadores com salários superiores a 1.400 euros por mês, com excepção de gerentes e administradores.

 

Os trabalhadores que não queiram aderir a este processo, terão de informar a empresa por escrito até 31 de Outubro de 2013.

 

 

Para visitar a fonte da informação clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:58

Parabéns SAPO

Quarta-feira, 04.09.13

Venho aqui dar os parabéns à/ao SAPO eplo seu 18º aniversário!{#emotions_dlg.gift}{#emotions_dlg.king}

 

Também me sinto um felizardo em virtude da/o SAPO me ter dado a oportunidade de ter um blogue e com ele me dirigir ao mundo!{#emotions_dlg.wasted}

 

Se eu podia viver sem a/o SAPO, podia, mas não ia ser a mesma coisa!{#emotions_dlg.blink}

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:01




Pesquisar

 


subscrever feeds



Contacto

planetacultural@sapo.pt


Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Quantos nos visitaram desde 13FEV2016?

-------------------------