Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]







Comentários recentes

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!

  • Planeta Cultural

    .......deve ganhar pouco no Real de Madrid e preci...

  • Sam

    Para quem gosta de redes sociais e quer ganhar uns...

  • Planeta Cultural

    Com um alvarinho a acompanhar...Ui....mas que peti...






SMS de Centeno para Domingues foram reveladas

Quarta-feira, 15.02.17

Mensagens que terão sido enviadas pelo ministro das Finanças a António Domingues mostram que Centeno negociou dispensa de entrega de declaração de património para administração da Caixa.

 

O conteúdo de algumas mensagens de SMS reveladas esta quarta-feira pela SIC Notícias e pelo Observador indicam que durante as negociações entre Mário Centeno e António Domingues, o ministro das Finanças tentou que a administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) fosse dispensada de apresentar declaração de património no Tribunal Constitucional.

Segundo a SIC Notícias, que cita fontes próximas do antigo presidente da CGD, numa mensagem enviada por Mário Centeno a António Domingues, o ministro dá a entender que já tinha conseguido que o polémico decreto-lei não incluísse a obrigação da entrega da declaração de património.  

Numa outra mensagem também revelada à SIC Notícias, o ministro explica ao banqueiro que há atraso no processo porque nas conversas entre Costa e Marcelo, o Presidente da República insistia muito na referência expressa à apresentação da declaração de património.

A informação revelada pelo Observador vai no mesmo sentido - parecendo assim referir-se à mesma troca de mensagens. O jornal escreve que alguns SMS trocados entre Centeno e Domingues têm detalhes não só sobre a forma como se iria evitar a declaração de rendimentos, como também se descreve a oposição do Presidente a essa solução. 

O teor destas mensagens parece indicar assim que o ministro das Finanças ia informando António Domingues sobre os desenvolvimentos para o cumprimento das condições que o ex-presidente da Caixa terá colocado para aceitar o cargo e que o assunto ia sendo discutido ao mais alto nível entre o primeiro-ministro e o Presidente da República.

Além disso, as mensagens parecem deixar claro que apesar da oposição do Presidente, o decreto-lei que alterou o Estatuto do Gestor Público, aprovado no Conselho de Ministros de 8 de Junho, acabou por vingar na versão que terá sido defendida por Mário Centeno, que era de omitir a dispensa de obrigação de entrega da declaração no TC.

O ministro das Finanças admitiu esta segunda-feira que houve conversas informais sobre declarações, mas que não houve acordo sobre o assunto.

O antigo líder da Caixa demitiu-se no final de Novembro depois da polémica em torno da entrega das declarações de património no TC.
 
 
In' Jornal de Negócios

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 19:56




Pesquisar

 




Contacto

planetacultural@sapo.pt


Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Quantos nos visitaram desde 13FEV2016?

-------------------------