Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!

  • Planeta Cultural

    .......deve ganhar pouco no Real de Madrid e preci...







Praças americanas em queda com sector financeiro debaixo de fogo

Terça-feira, 24.03.09

As principais bolsas dos Estados Unidos encerraram no vermelho, penalizadas pelo facto de Bernanke e Geithner terem apelado a uma regulação mais firme das empresas financeiras e de Paul Krugman, Nobel da Economia, ter afirmado que o governo norte-americano terá de nacionalizar grandes bancos. As praças do outro lado do Atlântico, que ontem tinham registado a subida mais acentuada dos últimos cinco meses, foram também penalizadas pela queda dos preços do petróleo e dos metais. O Dow Jones fechou a cair 1,49%, fixando-se nos 7.660,29 pontos. O S&P 500 perdeu 2,02% para 806,26 pontos, depois de ontem terminar com um ganho de 7,1%. O índice tecnológico Nasdaq encerrou a valer 1.517,75 pontos, com uma desvalorização de 2,44%. A Walt Disney desceu 3,17% para 18,32 dólares, depois de uma revisão em baixa da recomendação das suas acções – de “compra” para “neutral” - feita pelo Goldman Sachs, que considera que estas acções estão muito caras. O Citigroup e o Bank of America perderam terreno (4,15% e 6,67%, respectivamente) depois de ontem terem subido fortemente, sustentados pelo plano governamental detalhado apresentado pelo secretário do Tesouro, Timothy Geithner, que visa libertar a banca dos activos tóxicos. Os títulos financeiros foram pressionados por alguns comentários que lançam receios sobre o sector. Richard Bernstein, estratega do Bank of America que vai sair para criar uma empresa de gestão de activos, afirmou que os investidores devem vender acções da banca porque o plano do Tesouro não impedirá que os lucros caiam. Além disso, o economista Paul Krugman, que foi Nobel da Economia, afirmou hoje à Bloomberg TV que a economia norte-americana não estabilizará antes do final do ano e que o governo poderá ter que nacionalizar grandes bancos à medida que a crise financeira se for intensificando. Os analistas inquiridos pela Bloomberg prevêem que os lucros das entidades financeiras listadas no S&P500 vão cair 33% este trimestre e 34% no próximo. Hoje, o secretário norte-americano do Tesouro, Timothy Geithner, e o presidente da Fed, Ben Bernanke, declararam que é necessária uma maior regulação do sector financeiro para restringir os riscos assumidos pelas empresas que possam pôr em perigo o sistema financeiro.

 

 

Fonte Inf.- Jornal de Negocios

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 22:19



Pesquisar

 




Contacto

planetacultural@sapo.pt


Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Quantos nos visitaram desde 13FEV2016?