Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Comentários recentes

  • Veegam

    Como obter Stellar Lumens gratis!https://steemit.c...

  • Firmino

    deus vê a quem a gente faz bem e depois no fim lev...

  • Planeta Cultural

    O ser humano consegue bem de longe ser pior que os...

  • Maribel Maia

    É com muita pena que leio notícias dessas!

  • Planeta Cultural

    .......deve ganhar pouco no Real de Madrid e preci...







Jovem músico sueco terá plagiado a capa do álbum de uma banda portuguesa

Quinta-feira, 31.05.12

À direita, a capa do álbum 'Backseat Love Songs', da autoria dos portugueses dos MAU e lançado em 2009. À esquerda, a 'versão' do sueco Teknian ©MyWay

 

Teknian, nome artístico de um jovem músico sueco, está a ser alvo da ira de vários fãs dos MAU – Man And Unable -, uma banda portuguesa. Tudo porque a produtora do escandinavo terá copiado e plagiado a imagem de capa de um dos álbuns dos portugueses, utilizando-a, de um modo quase idêntico, num trabalho de Teknian.

 

A ilustração, em ambos os álbuns, é em tudo similar: ambas mostram a imagem do que parece ser um tigre, divergindo apenas nas nuances de cor.

 

O problema é que, no caso português, os MAU publicaram o seu álbum em 2009, e não terão recebido qualquer pedido de autorização da parte de Teknian ou da editora, a You Fat Record, para utilizarem a imagem como capa do seu álbum.

 

Na página oficial de Teknian no Facebook – que conta com mais de 4 mil ‘gostos’ -, vários fãs portugueses dos MAU estão a publicar comentários onde demonstram a sua indignação pelo sucedido.

 

Entretanto, Maya Angelou, a ‘manager’ dos MAU, emitiu um comunicado em nome da banda, onde revela que tentou entrar em contacto com Teknian e a sua produtora, não tendo obtido qualquer sucesso. «Tentei com as minhas melhores capacidades humanas entrar em contacto [com eles], mas infelizmente, e por magia, eles desapareceram», pode ler-se.

 

Mesmo reconhecendo que o plágio terá sido estritamente da responsabilidade da You Fat Record, o comunicado ressalva que «a questão não se trata de ter fúria, mas de chamar a atenção», endereçando-se depois ao músico sueco de 17 anos, ao dizer-lhe que «se tem de assegurar que tudo o que tiver o seu nome ou tudo com o que se relacionar na indústria [musical] tem que manter os mesmos ‘standards’ da sua música».

 

Antes, os MAU consideraram música de Teknian de «muito boa». No fim, desejaram-se apenas «melhor sorte com quem se associar no futuro».

 

 

Se assim o desejar, visite a fonte da informação clicando aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:52

'Acordo Ortográfico tem de ser revisto', Vasco Graça Moura

Quinta-feira, 31.05.12

 

O escritor Vasco Graça Moura disse hoje, no Porto, que «o Acordo Ortográfico tem de ser revisto», até pelo mal-estar existente em países como Angola e Moçambique, e defendeu que o processo deve ser feito com «bom senso».

Graça Moura, presidente da Fundação Centro Cultural de Belém, reafirmou a sua oposição ao novo acordo durante mais uma sessão das Tertúlias do Infante Sagres, desta feita sobre o tema ‘O novo Acordo Ortográfico, Ensino e Cultura’.

A sua tese baseia-se desde logo em argumentos jurídicos, na medida em que «o acordo não está em vigor porque não foi ratificado por Angola e Moçambique».

O Governo português adoptou o acordo desde 01 de Janeiro, mas, para Graça Moura, o documento «não é aplicável porque não existe um vocabulário ortográfico comum» a todos os países de língua oficial portuguesa.

O poeta, ficcionista, ensaísta, tradutor e actual responsável máximo pelo Centro Cultural de Belém, em Lisboa, critica ainda «as facultactividades introduzidas» pelo acordo, porque «geram o caos».

Afirma que o acordo introduz, ainda, «graves lesões da pronúncia de muitas palavras e em nada se contribui para a unidade da ortografia» da língua portuguesa.

Na mesa encontrava-se também Rui Estrada, professor catedrático da Universidade Fernando Pessoa (UFP), o qual defendeu o novo acordo e considerou até que se corre «o risco» de ver o português falado e escrito em Portugal tornar-se «uma variante exótica, como é hoje o mirandês».

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:40

Madeirenses vão começar a pagar taxas moderadoras

Quinta-feira, 31.05.12

Os utentes considerados não urgentes começam a pagar taxas moderadoras no serviço de urgência do Hospital dr. Nélio Mendonça, no Funchal, a partir de julho, informou hoje o presidente do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira.

Em conferência de imprensa, naquela unidade de saúde, Miguel Ferreira explicou que só 30 dias após a publicação da portaria que “vai transcrever para o contexto regional” os casos que estão contemplados com isenção, assim como a tabela com o valor dos exames, - o que ainda não sucedeu - é que as taxas moderadoras entrarão em vigor.

Na semana passada, o Governo da Madeira publicou uma resolução no jornal oficial da região a dar conta que os utentes do Serviço Nacional de Saúde vão passar a pagar taxas moderadoras nas urgências do hospital do Funchal.

Segundo a resolução, a medida é uma “imposição” do programa de assistência financeira e apenas contempla “utentes a quem seja atribuído, no âmbito do Sistema de Triagem de Manchester, a prioridade pouco urgente (cor verde) e a prioridade não urgente (cor azul)".

O presidente do conselho de administração do Serviço de Saúde da Madeira adiantou que se “for triado como azul ou verde, o utente terá um pagamento de 20 euros”, a que acrescerá um valor até 50 euros na eventualidade de necessitar de exames complementares de diagnóstico.

Para o responsável, ao terem aquela classificação, “são pessoas que, claramente, não têm urgência e podem, sem qualquer custo, no dia seguinte ou no próprio dia irem ao centro de saúde”.

Miguel Ferreira acrescentou ser necessário “dar algum tempo” aos utentes que pensam estar isentos devido ao seu rendimento para se munirem da respetiva declaração, referindo que os impressos “vão estar disponíveis no hospital e nos centros de saúde” que serão, depois, reencaminhados para as Finanças.

O médico esclareceu que a isenção está assegurada para grávidas e parturientes, crianças até aos 12 anos de idade, inclusive, utentes com grau de incapacidade igual ou superior a 60 por cento e pessoas em situação de insuficiência económica, bem como os dependentes do respetivo agregado familiar.

Miguel Ferreira apontou que, neste grupo, estão também incluídos os dadores benévolos de sangue, os dadores de células, tecidos e órgãos, bombeiros, doentes transplantados, crónicos e oncológicos, militares e ex -militares das Forças Armadas que, devido à prestação do serviço militar, se encontrem incapacitados de forma permanente, ou utentes encaminhados pelos centros de saúde para o serviço de urgência do hospital.

O presidente do conselho de administração reiterou que o Governo da Madeira tomou a decisão de implementar as taxas moderadoras nestas circunstâncias “por imposição do plano de resgate” à região, sustentando “não haver qualquer intenção de que isto seja alterado”.

“Mas não posso garantir que não possa haver outra imposição do Governo da República”, reconheceu, notando que houve um “cuidado muito grande” em “penalizar o mínimo possível a população que já está com problemas gravíssimos”.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:00

Tribunal da Relação confirma absolvição total de Fátima Felgueiras

Quinta-feira, 31.05.12

 

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou a absolvição da ex-presidente da Câmara de Felgueiras Fátima Felgueiras dos crimes de que estava acusada no âmbito do denominado «processo saco azul», disse à Lusa o advogado Artur Marques.

Segundo o jurista, com esta decisão de segunda instância terminou o processo, garantindo não haver possibilidade de recurso.

«Isso acontece porque é um acórdão absolutório que confirma a sentença da primeira instância», explicou Artur Marques, precisando que, quando tal ocorre, não é passível de recurso para o Supremo Tribunal de Justiça.

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:57

FMI prepara plano de ajuda a Espanha que pode ascender a 300 mil milhões

Quinta-feira, 31.05.12
Fontes do Fundo disseram ao "The Wall Street Journal" que está a ser preparado um plano de contingência.

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) já começou a trabalhar num cenário que contemple um resgate de Espanha. Isto somente no caso de o país não conseguir reunir os recursos necessários para recapitalizar o Bankia, que é o terceiro maior banco espanhol por activos e que pediu na semana passada uma ajuda de 19 mil milhões de euros – que, a juntar-se a uma assistência anterior, eleva a assistência estatal a este banco a 23,5 mil milhões de euros.

A informação está a ser avançada pelo "The Wall Street Journal", que cita fontes envolvidas na gestão da crise espanhola e que dizem que a ajuda pode ser de 300 mil milhões de euros, faseada por três anos.

Um porta-voz do FMI, Gerry Rice, disse hoje, citado pela Reuters, que o FMI não está em conversações com Espanha com vista a uma possível ajuda financeira. Isto a propósito do encontro de hoje com a directora-geral do Fundo, Christine Lagarde (na foto), e a vice-primeira ministra espanhola, Soraya Saenz de Santamaría, consagrado aos mais recentes desenvolvimentos económicos em Espanha e na Zona Euro.

Mas agora o "WSJ" vem citar fontes próximas do FMI, que asseveram que esse cenário de possível resgate está a ser tido em conta.

"Tanto a União Europeia como o FMI querem evitar, a todo o custo, resgatar Espanha. No entanto, está em curso um plano inicial de ajuda, no departamento europeu do FMI, atendendo a que o país está a debater-se para angariar mais 10 mil milhões de euros para resgatar o Bankia", referiu uma das fontes.

Recorde-se que o governo espanhol vai precisar de mais dinheiro do que o esperado para resgatar a banca e se não for aprovado um recurso directo aos fundos de ajuda europeus, poderá ter de ser o país a ser intervencionado, como aconteceu com a Irlanda.

Recorde-se que, a partir de Julho, os recursos disponíveis nos três fundos de resgate da União Europeia (FEEF, MEE e MEFF) ascenderão a 800 mil milhões de euros.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:52

Apresentação Nacional: Audi A6 Allroad quattro

Quarta-feira, 30.05.12

 

Depois do sucesso conseguido com o lançamento da primeira geração, em 2000, novamente repetido com a geração seguinte, em 2006, a Audi apresenta a terceira edição de uma das percursoras do fenómeno off-road entre os veículos familiares, a A6 Allroad, proposta que se chega a Portugal com uma única e só promessa: ser, de todas, a melhor! Diário Digital esteve na apresentação oficial e, apesar das altas expectativas criadas pela experiência vivida com as gerações anteriores, o primeiro contacto deixou ainda mais “água na boca”!

Numa altura em que o mercado automóvel europeu, e o português em particular, atravessa forte retracção, com a grande maioria dos consumidores sem capacidade financeira para determinado tipo de propostas, a Audi decide afrontar uma realidade fortemente depressiva e negativa “reposicionando” um dos seus produtos mais desejados. Não num patamar mais acessível, não através de um downgrade na qualidade ou downsizing nos motores (tudo para tornar o produto mais barato, naturalmente…), mas, pelo contrário, através de um autêntico “pontapé para cima” – tornando este autêntico “objecto de desejo” ainda melhor, mais desejável, mas também mais exclusivo!

Hoje em dia confrontada com um mercado incomparavelmente mais difícil e uma concorrência cada vez maior e melhor preparada (inclusivamente, dentro de portas!…), a terceira geração da apaixonante Audi A6 Allroad quattro assume, assim, um direccionamento para um tipo de cliente mais específico, sem dúvida ainda mais exigente, mas que, embora procurando um automóvel familiar diferente, também não abdica de ter um produto de qualidade, bem construído, atraente, luxuoso, mas também competente e verdadeiro naquilo que anuncia. Exigências a que, confiam os responsáveis da marca dos quatro anéis, a nova Audi A6 Allroad quattro responde plena e totalmente!

 

Leia mais no DD

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:56

Leonardo Jardim no FC Porto!

Quarta-feira, 30.05.12

Será que a próxima época de Leonardo Jardim vai ser de azul e branco?

 

Acredito que sim, pois se Pinto da Costa foi daqueles que aplaudiu a ida do mesmo para o Braga, agora que ele está livre dos arsenalistas, tudo leva a crer que o destino de Leonardo Jardim para a próxima época seja o FC Porto.

 

Esperemos pelos próximos dias a fim de se poder confirmar ou não tal desenlace!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 21:11

Abdoulaye diz que interessa às águias

Quarta-feira, 30.05.12

Em entrevista ao site francês "Blogolo", o jogador explicou que tem, neste momento, vários clubes interessados na sua contratação, entre os quais o Benfica. "Sei que há o interesse do Benfica. É um grande clube. Porque não...Só quero progredir e jogar ao mais alto nível e o Benfica reúne essas condições. Mas, para já, a bola está do lado do Porto"

Para além do interesse do Benfica na contratação do jogador, também o Lyon e o Lille estão na corrida.

O jogador tem, recorde-se, contrato com os dragões até 2013 mas deve, segundo o próprio senegalês, renovar. "Já iniciámos contactos para a renovação, mas se renovar quero integrar a equipa principal. Quero e preciso de jogar num bom clube por causa da seleção do Senegal. Não é minha intenção ficar na equipa B", concluiu.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 20:27

China lança satélite para estudar recursos e evitar desastres

Terça-feira, 29.05.12

A China lançou nesta terça-feira seu satélite de detecção remota "Yaogan XV", desde seu Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na província de Shanxi, ao norte da China, para realizar experimentos científicos, informou a agência oficial de notícias Xinhua.

 

O satélite foi lançado às 15h31 locais (4h31 de Brasília) a bordo do transportador Gran Marcha 4B e alguns de seus objetivos são estudar os recursos da Terra, analisar o rendimento dos cultivos e reduzir os desastres naturais e preveni-los, segundo a agência.

 

Com o "Yaogan XV" também foi posto em órbita o satélite "Tiantuo I" para a recepção de dados do Sistema de Identificação Automática de navios, a captação de imagens ópticas e a coleta de informação sobre experimentos de exploração espacial.

 

 

Para visitar a fonte da informação, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:29

Porto: S. João notifica Infarmed para efeitos secundários de medicamento oral para esclerose múltipla

Terça-feira, 29.05.12

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, enviou ao Infarmed uma notificação de suspeita de efeito secundário potencialmente fatal de um medicamento oral para esclerose múltipla, confirmou à Lusa fonte do hospital.

Em resposta a questões colocadas pela Lusa, fonte do conselho de administração do Centro Hospitalar de São João esclareceu que, na semana passada, foi efectuada a «notificação de suspeita de efeito adverso potencialmente fatal» do Fingolimod, substância activa do primeiro fármaco oral para a esclerose múltipla.

A notificação foi enviada devido ao caso de um doente, utilizador do medicamento em causa, que veio a morrer naquela instituição hospitalar, sem que se saiba, ainda, se esse acontecimento esteve, ou não, relacionado com a toma do fármaco.

«Após a notificação de suspeitas de reacções adversas inicia-se um processo de validação e avaliação da informação, em colaboração com a Unidade de Farmacovigilância da região, a fim de aferir se existe uma relação causal entre a toma do medicamento e a reacção adversa notificada», explicou à Lusa, em resposta escrita, fonte do Infarmed.

Os casos suspeitos são partilhados com as autoridades internacionais, avançou a mesma fonte do Infarmed, para que se possam comparar as situações decorridas.

O primeiro medicamento oral para a esclerose múltipla, doença para a qual até agora só havia resposta terapêutica injectável, foi aprovado em Março pela autoridade que regula o sector.

Trata-se de um fármaco cuja substância activa é o Fingolimod e que está indicado para o tratamento em doentes com esclerose múltipla 'surto-remissão' muito activa.

Um mês depois, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) reforçou as precauções na administração do fármaco para garantir que os benefícios superam o risco cardíaco.

In' Diário Digital 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado por Planeta Cultural às 23:22



Pesquisar

 


subscrever feeds



Contacto

planetacultural@sapo.pt


Comunicado aos nossos leitores

1- Planeta Cultural é um Blog que tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular nas páginas da Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de Comunicação Social, que nem sempre será viável citar ou referenciar. Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo, o favor de me contactar via e-mail (constante no meu perfil público), na sequência de que procederei à sua imediata remoção.

2 - Os comentários expressos neste "Blog", vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste sítio, "Blog", pelo que, publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo. Reserva-me também o direito de eliminar qualquer comentário que possa considerar difamatório, ofensivo, calunioso ou prejudicial a terceiros, bem como textos de carácter promocional que também poderão ser excluídos.

Atenciosamente;

---------------------------------R. C.
-------------Administrador do Planeta Cultural

Quantos nos visitaram desde 13FEV2016?



Pág. 1/22